Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Televisão

Sikêra Jr. tem perfil em rede social desativado e ganha apoio de Eduardo Bolsonaro

Instagram nega que tenha sido responsável por remoção de perfil

O apresentador Sikêra Júnior em programa da RedeTV
Sikêra Júnior - Reprodução
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O apresentador Sikêra Jr., 55, teve sua conta no Instagram desativada nesta quarta-feira (7). A medida acontece após xingamentos à comunidade LGBTQIA+ no programa Alerta Nacional (RedeTV!), que também o levaram à perda de anunciantes.

O Instagram negou que tenha envolvimento na desativação da conta. O perfil, que tinha mais de 6 milhões de seguidores, no entanto, ainda não podia ser acessado nesta noite. A assessoria de Sikêra Jr. foi procurada, mas ainda não se manifestou.

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) criticou o que chamou de banimento. “Como se não bastasse ser boicotado, agora banido das redes sociais. Essa agressão do politicamente correto contra nossa liberdade de expressão tem que acabar”, disse no Twitter.

Sikêra Jr. criticou no último dia 25 uma propaganda da rede Burger King e chamou gays de “raça desgraçada”. “A gente está calado, engolindo, engolindo essa raça desgraçada que quer que a gente aceite que a criança... deixe as crianças, rapaz!”, afirmou na ocasião.

No dia 29, ele se desculpou e afirmo que se excedeu. “No calor do comentário, posso ter usado palavras que me arrependo, sou humano. Errei, erro e vou errar, quantas vezes já repeti isso aqui? Sou humano! Ninguém está está imune de errar”, disse ele.

Apesar disso, o programa perdeu anunciantes depois da fala homofóbica do apresentador. A MRV Engenharia, por exemplo, disse que acredita e pratica a diversidade, afirmando que não compactua com qualquer forma de preconceito.

O perfil Sleeping Giants Brasil no Instagram também iniciou uma campanha contra Sikêra Jr. com a hashtag #DesmonetizaSikera e afirma que 37 patrocinadores já deixaram de apoiar seu programa.

Após a fala de Sikêra Jr., a RedeTV! disse não concordar com a atitude do apresentador, mas não informou se o apresentador sofreu alguma punição interna, nem se houve medidas práticas contra ele ou o programa, que segue no ar.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem