Televisão

'Órfãos da Terra' concorre como melhor série dramática em premiação sul-coreana

Trama de Thelma Guedes e Duca Rachid já venceu Rose D'Or Awards

Os atores Renato Góes (Jamil) e Julia Dalávia (Laila) em cena de "Órfãos da Terra"
Os atores Renato Góes (Jamil) e Julia Dalávia (Laila) em cena de "Órfãos da Terra" - Globo/Paulo Belote
São Paulo

A novela "Órfãos da Terra" (Globo, 2019) é uma das finalistas da 15ª edição do Seoul Internacional Drama Awards, premiação da Coreia do Sul que elege as melhores produções televisivas internacionais. Escrita por Thelma Guedes e Duca Rachid, o folhetim foi indicado na categoria Serial Drama (melhor série dramática), e disputa o prêmio com produções da Colômbia, China, Filipinas e Turquia.

No final de 2019, a trama foi vencedora na categoria de melhor telenovela no Rose D’Or Awards, prêmio suíço que ocorre desde 1961, desbancando produções de Portugal, Reino Unido e Bélgica. A lista de indicados deste ano inclui 28 séries dramáticas divididas em quatro categorias: filme para TV, minissérie, drama em série e curta.

Sem presença de público, a cerimônia será realizada no dia 10 de setembro na sede da emissora sul-coreana MBC. De acordo com os organizadores, o evento será transmitido ao vivo na plataforma online da emissora.

A novela teve uma parceria técnica com o Acnur (agência da ONU para refugiados) para a montagem do campo de refugiados cenográfico, com a disponibilização de uniformes e tendas reais de operações humanitárias, que foram substituídas pela Globo por novas unidades habitacionais.

Com direção de Gustavo Fernández, "Órfãos da Terra" contou a história do casal Jamil (Renato Góes) e Laila (Julia Dalavia), dois refugiados sírios que reconstruíram sua vida no Brasil. Na trama, Laila está prometida em casamento ao sheik Aziz (Herson Capri), e foge com seus pais para São Paulo. O sheik envia seu afilhado Jamil para o Brasil para buscá-la, mas ele acaba se apaixonando pela jovem.

De acordo com a Globo, "Órgãos da Terra" já foi licenciada para mais de 50 países –entre eles México, Uruguai e Bolívia, onde está no ar. Essa é a terceira vez que a Globo é indicada ao Seoul International Drama Awards. Em 2007, a novela "Sinhá Moça" ficou entre as finalistas do Grand Prize, e, em 2011, "Passione" foi indicada na categoria Serial Drama e recebeu o Silver Bird Prize, na categoria Serial Drama.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem