Televisão

Lívia Andrade é afastada do SBT por tempo indeterminado; Mara e Chris Flores entram

Motivo seria uma fake news sobre álcool em gel vendido por líderes religiosos

Lívia Andrade no comando do programa Fofocalizando no SBT
Lívia Andrade no comando do programa Fofocalizando no SBT - Gabriel Cardoso/SBT
São Paulo

A apresentadora Lívia Andrade foi mandada para a geladeira no SBT. Segundo a emissora, ela foi tirada do Fofocalizando por tempo indeterminado e os motivos seriam internos.

A própria assessoria da artista confirma o afastamento, mas não dá mais detalhes sobre os motivos para isso.

Segundo o colunista Fefito, do UOL, o real motivo seria o descontentamento por parte de Silvio Santos após receber uma queixa do e líder religioso da Record e Universal, o bispo Renato Cardoso.

Ele teria ficado chateado por Lívia ter falado no ar e ao vivo na edição do último dia 19 de março que líderes religiosos têm vendido álcool gel ungido por até R$ 500. A notícia é apontada por eles como falsa.

O colunista afirma que Silvio não gostou e, para dar uma satisfação à Record, canal com o qual tem uma boa relação, afastou a apresentadora por tempo indeterminado. Ela já não participou da edição desta sexta-feira (27). Será substituída por Mara Maravilha e Chris Flores.

Nas redes sociais, Lívia se mostrou bastante irritada com a situação. No Instagram, disse que foi “cancelada” pela emissora e deu algumas indiretas por meio de algumas imagens que diziam que estaria sendo queimada.

No Twitter, foi mais direta. “Não vou inventar uma doença, um sintoma para me isolar, uma licença-maternidade ou qualquer outra mentira! É o que é, estou afastada temporariamente do programa e no momento não vou dar detalhes”, postou.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem