Televisão

Após briga de Augusto Nunes e Glenn Greenwald, lembre outros barracos na TV

João Gordo e Dado Dolabella já foram às vias de fato na MTV

O apresentador João Gordo e o ator Dado Dolabella discutem durante gravação de programa da MTV, em 2006
O apresentador João Gordo e o ator Dado Dolabella discutem durante gravação de programa da MTV, em 2006 - Reprodução
São Paulo

​Os jornalistas Augusto Nunes, 70, e Glenn Greenwald, 52, fundador do site The Intercept Brasil, trocaram socos durante o programa Pânico, da rádio Jovem Pan, nesta quinta-feira (7), que é transmitido ao vivo pela internet. A emissora já pediu desculpas pelo ocorrido, e não é a primeira vez que um programa de entrevistas acaba em barraco.

Em 2006, o ator Dado Dolabella foi ao programa Gordo a Go-go, da MTV para lançar um CD. João Gordo ironizou o fato dele entrar para o mercado musical e chegou a ironizar o nome do CD, transformando "Dado Para Você" em "Dando Para Você". 

O cantor diz, então, que era fã de Gordo, mas teria deixado de ser, pois o apresentador "traiu o movimento punk". "Quem é você, um playboizinho de merda, para falar do movimento punk?", grita o apresentador.

Dado quebra um pedaço da mesa com a machadinha e levanta. Os dois se empurram, o ator com a machadinha e o porrete em mãos, o apresentador com a corrente. A produção separa os dois, que continuam se ameaçando.

 

Alguns anos antes, a briga ocorreu no programa Esporte Total (Band). Em 2004, Mário Soares, conhecido como Marinho, campeão brasileiro dos meio-pesados, irritou-se com o apresentador Jorge Kajuru e partiu em sua direção. O programa foi tirado do ar, e os dois, separados pelo comentarista Silvio Luis e por outros funcionários.

Tudo começou porque o apresentador questionou o esportista sobre a luta de sábado, após a qual seu adversário, Fábio Garrido, foi parar na UTI. "Você não precisava ter dado os últimos dois socos. Ele já estava caído", disse Kajuru. O apresentador chamou o lutador de "covarde". Marinho, sentado até então, levantou-se e foi em sua direção. 

Tiveram outras brigas, mas que não chegaram a troca de socos. Como a do ator Cacá Rosset e o apresentador Clodovil (1937-2009) no Show do Tom, na Band, em 2005. "Você cava a sua própria sepultura, porque você é um cara descontrolado. Já fez terapia? Porque você sempre sai brigado das emissoras", afirmou Rosset. Clodovil começou a provocá-lo e disse que não queria aumentar o tom da voz, mas a discussão seguiu (veja o vídeo abaixo).

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem