Televisão

Domingão do Faustão demite 11 bailarinas de uma vez só em busca de renovação

A última leva de demissões ocorreu em agosto do ano passado

Balé do Faustão
Balé do Faustão - Carol Caminha/Globo
São Paulo

Após a final do quadro Show dos Famosos no último domingo (14), a produção do programa Domingão do Faustão (Globo) demitiu 11 bailarinas. A emissora não informou o número atual de mulheres que compõem o balé do programa.

A maior parte da lista das dispensadas está na atração há mais tempo que as outras ou tem mais de 30 anos de idade, segundo informou a colunista Keila Jimenez, do Portal R7. 

Questionada, a Globo respondeu que o programa "renova seu quadro de bailarinas periodicamente, numa rotina que acontece desde a sua estreia". A atração dominical estreou em março de 1989. A última leva de demissões ocorreu em agosto do ano passado. Foram cinco bailarinas demitidas, e o mesmo número de contratadas.

Na época, uma das demitidas foi Raquel Guarini, 35, que participou de todos os quadros do programa e foi bicampeã da Dança dos Famosos. "De tempos em tempos, eles trocam as meninas do balé. Me considero uma vencedora, porque são raras as meninas que ficaram esse tempo todo que eu fiquei", diz na época.

No mesmo período de Guarini, foram demitidas também outras quatro bailarinas: Bruna Padovani, Thais Santiago, Juju Fructuozo e Rachel Drodowsky. Em fevereiro de 2018, a Globo dispensou a bailarina Tainá Grando após sete anos no programa. 

Uma das demissões mais comentadas foi a de Carol Nakamura, que ficou 11 anos no programa (2005-2016). Alguns sites noticiosos chegaram informar que a saída de Nakamura teria sido devido à grande exposição da vida pessoal dela. 

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias