Televisão

Viúva de Champignon diz que deixará pertences dele à filha: 'Será menos doloroso que para mim'

Marido de Claudia Bossle, baixista do Charlie Brown morreu em 2013

Claudia Bossle no programa “Sensacional”, da RedeTV.
Claudia Bossle fala do marido no programa “Sensacional”, da RedeTV. - Andrea Dallevo/ Divulgação RedeTV!

São Paulo

​A cantora Claudia Bossle, viúva do músico Champignon, falou sobre como lidou com os objetos deixados pelo marido depois de sua morte em 2013.  “Foi um turbilhão de coisas, de emoções. No momento eu tentava ficar com tudo, 'ah, quero a camiseta, quero o chapéu', mas hoje eu guardo poucas coisas”, conta  em conversa do programa Sensacional, da RedeTV, que vai ao ar na noite desta quinta-feira (2).

Claudia ainda afirmou que a filha do casal ficará com as peças do pai, quando chegar o momento certo. “Acho que ela merece, quando tiver entendimento, ter alguma coisa do pai dela. Tenho certeza que para ela não vai ser tão dolorido quanto para mim”.

Em 2013, o músico Luiz Carlos Leão Duarte Junior, conhecido como Champignon, foi encontrado morto em seu apartamento em São Paulo. Segundo laudo posterior, ele cometeu suicídio com um tiro na boca enquanto Claudia estava grávida, e foi encontrado por um morador de um apartamento vizinho. 

Neste ano, a viúva do músico prepara um EP com músicas que os dois escreveram juntos desde 2009. "Nós começamos a compor desde o dia em que nos conhecemos, no primeiro semestre de 2009. Desde então, criamos uma série de canções, sozinhos ou em parceria", disse Claudia em entrevista ao F5.

A primeira composição feita pelos dois, “Bright Light”, foi escrita naquele dia e também foi a primeira a ganhar clipe, que pode ser visto na página oficial da cantora Claudia Bossle no YouTube

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem