Televisão

Moacyr Franco diz que sente falta do 'A Praça É Nossa'

Ator e cantor foi demitido do SBT no fim de 2017

Moacyr Franco no show da banda The Moondogs, em outubro de 2015
Moacyr Franco no show da banda The Moondogs, em outubro de 2015 - Bruno Poletti/Folhapress
Descrição de chapéu Agora
leandro vieria
São Paulo

Em novembro, Moacyr Franco foi dispensado do programa humorístico "A Praça É Nossa", do SBT, no qual estava desde 2005.

Nestes quase três meses longe da atração, ele diz que sente saudade. "Eu vou sempre sentir falta do convívio com o pessoal. Foram todos grandes amigos", conta Franco.

Lá, ele teve a oportunidade de dividir a tela com grandes humoristas, entre eles Ronald Golias (1929-2005), Canarinho (1927-2014), Nhô Moraes (1934-2002), Roni Rios (1936-2001), que interpreta a Velha Surda, e Olívio Henrique Fortes (1937-1998), o Lilico.

"O camarim do programa parecia um filme. Só quem viveu aquilo pôde sentir o que foi. Eram grandes comediantes juntos, contando suas histórias, dividindo os seus problemas", lembra ele.

Franco diz que sua amizade com o apresentador Carlos Alberto de Nóbrega, que dura mais de 60 anos, continua intacta. "Desde a minha saída, nos falamos algumas vezes. É um grande talento e eu tenho muito carinho por ele", conclui o artista.

CARREIRA

COMEÇO

Nascido em 5 de outubro de 1936, apaixonou-se pela música ainda pequeno. Aos 17 anos, ganhou um concurso de melhor cantor de rádio. Com 20 anos, já fazendo humor no rádio, conheceu o redator que lhe apresentaria ao apresentador Manuel de Nóbrega (1913-1976). 

MENDIGO

Em 1959, fez, pela primeira vez, no programa "Praça da Alegria" (TV Paulista), o personagem Mendigo, um dos mais marcantes de sua carreira. Ele voltaria em vários momentos, inclusive em "A Praça É Nossa", já no SBT. 

TURBILHÃO

Criador da marchinha "Me Dá um Dinheiro Aí", volta, em 1978, a fazer sucesso no Carnaval. "Turbilhão" ("A Nossa Vida É um Carnaval"...) foi a música carnavalesca mais tocada daquele ano

SUCESSOS SERTANEJOS 

Nos anos 1980, emplaca diversos sucessos entre os mais tocados nas rádios sertanejas. Os destaques são "Seu Amor Ainda É Tudo" e "Ainda Ontem Chorei de Saudade", que ficaram marcadas na voz da dupla João Mineiro & Marciano. 

PROGRAMAS HUMORÍSTICOS 

Estrelou duas atrações de humor no SBT. Entre 1999 e 2000, fez, ao lado da atriz Gorete Milagres, o programa "Ô... Coitado!". Já entre 2004 e 2006, fez "Meu Cunhado", com Ronald Golias (1929-2005). 

JECA GAY

Em 2005, recebeu convite de Carlos Alberto de Nóbrega para voltar ao humorístico "A Praça É Nossa". Ele criou o personagem Jeca Gay, com bordões como "chique no úrtimo" e "chorei largado". Permaneceu na "Praça" até novembro do ano passado, quando foi demitido do SBT. 

CINEMA

Mais recentemente, Moacyr ganhou destaque com suas atuações no cinema. No papel do delegado Justo no filme "O Palhaço", ganhou o prêmio de ator coadjuvante no festival de cinema em Paulínia, em 2011. 

SÉRIE

Após deixar o canal de Silvio Santos, foi chamado pela Globo para atuar na série "Ilha de Ferro", ainda inédita.

 

A reportagem foi publicada no caderno "Show", do jornal "Agora"

Agora
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias