Televisão

Fim de Ritinha em 'A Força do Querer' será fantasioso, diz colunista 

Ritinha, a protagonista mentirosa, bígama, egoísta e manipuladora de "A força do Querer", novela de Glória Perez, não terá um final qualquer na trama da Globo. 

Nada de voltar para o Pará, onde a novela teve seu pontapé inicial, ou ir para os Estados Unidos.

Segundo o jornalista Fefito, que assina a coluna Zapping, publicada diariamente no jornal "Agora" e no "F5", a personagem, vivida pela atriz Isis Valverde, terá um final fantasioso: vai, literalmente, virar uma sereia e nadar com os botos.

TRAJETÓRIA DE RITINHA 

Durante todo o folhetim, Ritinha foi disputada por Zeca, personagem de Marco Pigossi, e por Ruy, vivido por Fiuk. Teve um filho com primeiro, mas entregou a paternidade para o segundo.

Num dos pontos mais altos da trama, deu uma surra em Irene, vilã de Débora Falabella, então amante de Eugênio, personagem de Dan Stulbach e pai de Ruy. 

MISTICISMO

Ritinha não é a primeira personagem de Perez que pode ter um final "sobrenatural".

Algo parecido aconteceu com o cientista Albieri e "sua criatura", Leo, em "O Clone", novela da mesma autora exibida pela emissora carioca de 2001 a 2002. Na trama, os dois terminaram caminhando, sozinhos, pelo deserto do Marrocos, onde parte da novela se passava.



Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem
[an error occurred while processing this directive]