Televisão

'O novelista tem que se matar se quiser fazer uma boa novela', diz Aguinaldo Silva

Autor de "Império" (2014), Aguinaldo Silva ganhou nesta semana, pela segunda vez, o Emmy Internacional de melhor novela pela trama. Ele já havia levado a estatueta da Academia de TV dos EUA com a portuguesa "Laços de Sangue", que supervisionou.

Aos 72 anos, ele diz que tomou cuidado para não ligar o piloto automático na última obra.

"Das novelas que escrevi, foi a mais bem escrita. Na minha idade, 72, a gente começa a ligar o automático. Ali percebi que não podia fazer isso", confessa, dando uma dica para quem quiser seguir seu caminho.

"Essa premiação mostra algo óbvio, mas não muito bem visto: o novelista tem que se matar, se quiser fazer uma boa novela. Não basta fazer o rotineiro, tem que ir além", diz à coluna Outro Canal, assinada por Lígia Mesquita e publicada na Folha desta sábado (28).

Crédito: Paula Giolito/Folhapress RIO DE JANEIRO, RJ, BRASIL, 11-08-2011, 21:00: Aguinaldo Silva, na festa da nova novela da rede Globo, Fina Estampa. (Foto: Paula Giolito/Folhapress, MONICA BERGAMO) **EXCLUSIVO**
Aguinaldo Silva

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem