Nerdices

Game XP 2019 terá dinossauros em 4D e montanha-russa com realidade virtual; veja novidades

Evento ocorre em julho, no Rio, com shows de Iza e Anavitória

Mulheres competem em jogo de CSGO no primeiro dia do Game XP de 2018, no Rio de Janeiro - Divulgação
Beatriz Vilanova
Rio de Janeiro

Assim como os jogos, que a cada nova edição avançam nas histórias, mapas e personagens, a Game XP promete uma segunda edição ainda mais tecnológica.

O evento que nasceu em 2017 no Rock in Rio e ganhou espaço próprio em 2018, criando o primeiro GamePark do mundo, conseguiu criar neste ano uma arena 60% maior que a anterior. Além disso, terá o dobro de atrações e duas horas a mais de programação, totalizando 11 horas de Game XP por dia. Pudera: na organização do evento estão os criadores do Rock in Rio e da CCXP.

Dentre as novidades estão uma montanha-russa de realidade virtual “intergaláctica” com 60 frames por segundo e 360 graus, uma pista de kart com carros elétricos, teleférico e elevador com queda de 40 metros. Também a DinoMund Experience, um passeio de realidade virtual em 4D por um mundo jurássico.

Além deles, voltam neste ano o labirinto de Pacman, , o soccer experience, competições de Just Dance, fliperamas modernos, a roda-gigante e uma área de laser tag com o triplo do tamanho anterior, todos sucessos da última edição do evento. Jogos “não eletrônicos” também ganham vez, como os pinballs, totó, Jenga, ping-pong e as paredes de escaladas, que ficarão na entrada do evento.

Serão três arenas olímpicas para jogos com 5.000 lugares na plateia para espectadores. Aqui acontecerão as competições como o campeonato de Counter-Strike  (feito com o streamer Gaules TV), de Rainbow Six (novamente, com liga feminina) e a festa oficial da final do campeonato mundial de Fortnite, que acontece em Nova York, com transmissão ao vivo acompanhada de narração em português.

“Somos e continuamos sendo o primeiro e único GamePark do planeta”, diz Roberta Coelho, CEO da Game XP. “Não é só um evento de eSports, não é só uma feira de games e tecnologia, e também não é só um parque de diversões. É tudo isso junto, dentro de um mesmo evento”.

Outra novidade é o investimento em música. Neste ano, os visitantes poderão curtir shows como o do grupo Catdealers, AnaVitoria e Iza, além de uma apresentação diária da Nova Orquestra, seguida de show de fogos de artifício.

Do lado de fora das atrações, uma rua com cenografia medieval e 12 casinhas são responsáveis pela comercialização de produtos diversos, como acessórios gamers e roupas. Neste ano, mais de 70 marcas estarão presentes entre artigos à venda, patrocínio e atrações. Dentre elas estão a empresa francesa Ubisoft e a Epic Games, responsável pelo Fortenite, que são parceiras do evento.

“Também teremos um App [com geolocalização] que será o primeiro grande game do evento. Tudo o que fizer nele valerá pontos, assim como cada atração que você for. Esses pontos poderão ser trocados por benefícios dentro do parque e serão uma atração a parte”, diz Coelho.

Para combinar com a conectividade, toda a área do evento é coberta por wi-fi gratuito provido pela Oi. O evento ainda terá algumas transmissões ao vivo via redes sociais e pelo canal SporTV.

O desafio para 2019 é atingir toda a família e mostrar que o tema é comum para todas as idades.

 “A gente quer atender aquele cara aficionado, que sabe quem é o jogador de Rainbow Six que mudou de time neste ano, mas também a mãe que joga com a filha e mesmo quem não joga e quer estar ali, em um final de semana em família”, disse Roberto Fabri, diretor de marketing da Game XP, em evento à imprensa nesta terça-feira (30).

Neste ano, a Game XP acontece entre os dias 25 e 28 de julho, no Parque Olímpico do Rio de Janeiro, e espera trazer mais do que as 95 mil pessoas que estiveram no GamePark de 2018 (superando os R$ 53 milhões gerados na última edição).

As vendas de ingresso para o público em geral começam no dia 07 de maio, às 20h. No primeiro lote, saem por R$ 175 por dia. Há ainda o Ingresso Family, que dá direito a um par de entradas e uma meia-entrada, por R$ 350, e os ingressos Player One, com transporte e acessos VIPs, por R$ 400 por dia. 

“Esperamos 25 mil pessoas todos os dias, com ‘sold out’. [...] Escolhemos o último final de semana de férias para o evento, então queremos mesmo que o Brasil inteiro apareça na Game XP”, afirma Coelho. “A gente quer falar que a Game XP é de todos. É para os avós levarem os netos e os filhos passarem horas com seus pais por lá”.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias