Música

Wanessa Camargo diz que não construiu sozinha sua carreira e lança álbum comemorativo

'Universo Invertido' faz parte das celebração pelos 20 anos de carreira

Wanessa Camargo na capa do novo álbum 'Universo Invertido'

Wanessa Camargo na capa do novo álbum 'Universo Invertido' Divulgação/Alexandre Pio e Hyan Pereira

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Wanessa Camargo, 37, está em momento de celebração e com álbum novo. Nesta sexta-feira (9) a cantora lança o projeto "Universo Invertido", que traz canções inéditas e seus últimos lançamentos, como a música "Lábios de Navalha", em homenagem aos 20 anos de carreira comemorados no domingo (11).

"Foi o jeito que encontrei de unir todos os versos que fizeram parte da minha vida até agora", explica a artista em entrevista ao F5, por telefone. Além de acreditar na força da positividade, do amor e do próprio Universo –não por acaso o mote do trabalho–, Wanessa afirma que o CD promete juntar todas as suas fases da carreira, que incluem sertanejo, reggeaton, baladas românticas, até as mais dançantes.

"Eu não fiz sozinha esses 20 anos... Está sendo muito gostoso rever tudo. A resposta do público que eu tive do documentário foi inacreditável, por exemplo", conta ela sobre o projeto "W.Doc", lançado em partes, entre junho e agosto deste ano, em suas redes sociais.

Não muito adepta às mídias digitais, Wanessa gosta de dizer que prefere o estilo clássico de promover seu trabalho. "Adoro esse formato de rádio, televisão... eu aprendi a me comunicar desse jeito, então as redes sociais têm sido um grande aprendizado para mim", explica.

“Universo Invertido” promete trazer a verdadeira perspectiva do que a música significa para a cantora, segundo ela. Com aspectos da astrologia e um lado místico, Wanessa afirma que sua essência estará impressa no novo trabalho. "É um diário aberto em meu processo terapêutico de me encontrar e de me entender como uma mulher em uma sociedade não moldada por nós ou para nós."

A cantora, que iniciou a carreira com apenas 17 anos e ficou conhecida com os sucessos "O amor não deixa" e "Apaixonada por você" (2000), diz que hoje se libertou dos julgamentos. "Não estou mais preocupada com o que as pessoas falam que devo ser de um jeito de outro, e eu estou tão feliz assim e aceitei que sou essa multiplicidade. Realmente quero uma coisa agora e outra depois."

Há quem se engane que Wanessa vai parar por aí. Segundo ela, a partir do lançamento do "Universo Invertido" mais coisas vão vir à tona. "Vão ter mais alguns universos e fragmentos que ao todo vão somar 20, para comemorar os 20 anos. São pedaços que vão se completando como um quebra-cabeça mesmo", diz.

Além do CD, a cantora também divulga nesta sexta o videoclipe da música "Sozinha", faixa que compõe o álbum e vem como primeiro single do projeto no estilo mais reggaeton possível. Com uma letra empoderada, a cantora fala sobre um relacionamento amoroso fracassado e afirma que "é melhor ficar sozinha do que sofrer." ​

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem