Música

Rapper britânico Ty morre aos 47 anos após ter diagnóstico positivo para Covid-19

Amigos faziam uma vaquinha online para ajudar o músico durante doença

rapper britânico ty morre vitima do coronavirus
Rapper britânico Ty morre vítima do coronavírus - Reprodução/ Instagram
Londres

O rapper britânico Ty, que foi indicado ao prestigioso Mercury Prize, morreu aos 47 anos, vítima do novo coronavírus, anunciou a mulher, que organizava uma campanha de arrecadação de fundos para ajudar o artista.

O músico, cujo nome era Ben Chijioke, foi hospitalizado depois de apresentar resultado positivo para Covid-19 e colocado em coma artificial, explica uma página dedicada ao rapper no site GoFundme.

Seu estado havia melhorado e ele estava consciente em meados de abril, mas Ty faleceu nesta quinta-feira (7), informou a organizadora da campanha, Diane Laidlaw.

"A família deseja agradecer a todos que ajudaram e manifestaram preocupação desde sua internação, mas agora apreciaria o respeito a sua vida privada, para que possam observar o luto na intimidade", escreveu em um comunicado.

Nascido em Londres, filho de imigrantes nigerianos, Ty lançou o primeiro álbum, "Awkward", em 2001. Depois de lançar o segundo álbum, "Upward", o rapper foi indicado para o prestigioso Mercury Prize em 2004, ao lado de artistas como Amy Winehouse e The Streets.

Ty lançou mais três álbuns e colaborou com artistas como De La Soul e Roots Manuva.

Vários outros famosos também já foram vítimas do novo coronavírus. No Brasil, morreram por conta da doença o funkeiro MC Dumel, 28, a atriz Daisy Lúcidi, 90, e o compositor Aldir Blanc, 73. Também já contraíram a doença nomes com o da atriz Fernanda Paes Leme, 36, a cantora Preta Gil, e o ator Felipe Simas, 27.

AFP
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem