Música

Luísa Sonza é confirmada na Parada do Orgulho Gay de Nova York: 'Nunca imaginei'

Com turnê internacional marcada, cantora agradeceu apoio da comunidade LGBTQ

Luísa Sonza vai estrear na Sapucaí em 2020
A cantora Luísa Sonza - Instagram/luisasonza
São Paulo

Luísa Sonza, 21, se apresentará pela primeira vez na Parada do Orgulho Gay de Nova York, que acontece entre os dias 14 e 28 em junho deste ano.

A cantora foi anunciada através das redes sociais do evento, e se apresentará no dia 27, junto a nomes como Janelle Monáe, Betty Who, Pussy Riot e Coco & Breezy.

“Vai ter Lulu na Parada de Nova York! Gente, obrigada por tudo que vocês fizeram e fazem por mim! Eu não sei como agradecer! Vou trabalhar muito pra sempre entregar pra vocês o meu melhor! E esse ano tem turnê internacional! Eu tô tão feliz! Aguardem! Obrigada", comemorou a cantora com uma publicação no Instagram.

Sonza fez sua primeira participação na Parada Gay de São Paulo em 2019. Na ocasião, ela fez um discurso e o concluiu dizendo “Ele Não”, famoso slogan contra o presidente Jair Bolsonaro.

Nos stories, a cantora agradeceu aos fãs por poder seguir para a Parda Gay fora do Brasil: "Isso é uma coisa que eu nunca imaginei que poderia acontecer na minha vida. E eu queria muito, especialmente, agradecer à comunidade LGBTQ por me apoiar da maneia que você me apoiam, com o carinho que me apoiam, porque eu sou uma mulher cis, casada, e vocês me trouxeram para o vale de uma maneira que não tem como explicar".

A cantora também prometeu que não irá decepcionar seus fãs e que entregará tudo o que puder. "Contem comigo com o uma amiga, não só como artista", disse. "Pelas minhas músicas, espero sempre tocar vocês de alguma forma. Seja para rebolar a bunda, seja para falar de coisas profundas, nossos sentimentos. Seja para lutar por causas, pelo que a gente acredita. Mas que eu sempre faça a diferença na vida de vocês, assim como vocês fazem na minha".

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem