Música

Cantor Juliano Cezar morre durante show no interior do Paraná

Artista sofreu uma parada cardíaca e caiu no palco no meio de uma música

O cantor sertanejo Juliano Cezar
Juliano Cezar foi um cantor, compositor e apresentador brasileiro. - Reprodução
Erramos: esse conteúdo foi alterado
São Paulo

Juliano Cezar, 58, morreu na madrugada desta terça-feira (31), após sofrer uma parada cardíaca enquanto fazia um show em Uniflor, no interior do Paraná. A informação foi confirmada pelo Explosion Music, escritório de gerenciamento de carreiras, que lamentou o ocorrido. 

O velório será realizado na cidade de Ribeirão Preto, cidade onde o cantor morava há mais de 25 anos e depois seu corpo será trasladado para a cidade natal do sertanejo, em Passos, Minas Gerais. De acordo com a assessoria, as duas cerimônias serão abertas ao público.

Juliano Cezar deixa sua esposa Andrea Mendes, com quem ficou casado por 27 anos.

Vídeos do momento trágico estão circulando nas redes sociais, nesta manhã. O momento exato em que o artista sofre a parada cardiorrespiratória durante a apresentação. Nas imagens, é possível ver quando ele aparenta sentir dor  e cai no palco.

A morte no meio do show provocou comoção entre os fãs. "Eu estou chocada demais porque fui no último show do Juliano Cezar", escreveu uma internauta na rede social. "Presenciei ele morrer em Uniflor", contou outro fã.

Ao longo da trajetória de 33 anos de carreira, o cantor gravou 14 álbuns (sendo 4 DVDs gravados) e emplacou sucessos como “Não Aprendi Dizer Adeus” (1990), “Rumo à Goiânia” (de 1991), “Bem aos Olhos da Lua” (de 1997), “Cowboy Vagabundo” (2002), Malvada (2002), “Faz Ela Feliz”, entre outras.

Em 1991 Juliano Cezar foi considerado o cantor revelação do ano pelo prêmio Sharp e em 2004, foi indicado ao Grammy Latino na categoria melhor álbum romântico com o disco “Cowboy Vagabundo.
 

 

Consagrado na tradicional Festa de Barretos, da qual já participou mais de 20 vezes, Juliano Cezar também já foi peão antes de se tornar músico.

"Barretos é a consagração de um artista. Cantar em na festa é uma emoção diferente de todas as outras festas, porque é um buraco, uma arena linda, você sente o calor do público. Eu canto pelo Brasil inteiro, mas lá é diferente", afirmou com exclusividade ao F5 em julho deste ano.

Recentemente Juliano tinha lançado seu novo DVD, com participações de Daniel e Naiara Azevedo.

ERRAMOS: O conteúdo desta página foi alterado para refletir o abaixo

Diferente do afirmado em versão anterior, o cantor Juliano Cezar faleceu na madrugada desta terça-feira (31), e não no sábado (28). O texto foi corrigido.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem