Música

Aposta do sertanejo, Gabi Martins prepara 2º DVD e diz que teria parceria com Gabriel Diniz

Cantora diz apostar em canções autorais e sertanejo raiz

Cantora Gabi Martins no programa Só Toca Top
Cantora Gabi Martins no programa Só Toca Top - Fábio Rocha/Globo
João Victor Marques
São Paulo

Apenas um ano após o lançamento de seu DVD de estreia, Gabi Martins, 22, já prepara um novo projeto, apostando em canções totalmente autorais e no sertanejo raiz. "É disso que eu gosto e meu público também”, afirma a mineira, que pretende gravar ainda neste semestre, em São Paulo. 

Trabalhando no repertório e em possíveis parcerias, Martins afirma que já estava certa a participação de Gabriel Diniz, morto em um acidente aéreo em maio. "Nós gravaríamos uma música que se chama 'Crush Gravado', mas a fatalidade aconteceu e não foi para frente”.

A certeza nesse momento é que o novo trabalho será gravado ao vivo, fora do estúdio, assim como o primeiro DVD da cantora. "Vou falar de amor, de experiências calorosas que tive. Já tomei muito cifre. Minha mãe me chama de dedo podre, mas eu só amo sentir”, afirma.  

Mineira, Martins diz que sempre sonhou em cantor, mas não achava que alcançaria uma carreira promissora. “Sou de uma tradicional família mineira. Muitos médicos e tudo mais. Às vezes eu pensava que ser cantora não era uma boa opção”, afirma. 

Apesar disso, foi de casa que vieram as primeiras referências musicais da cantora, dos modões que seu pai ouvia e cantava. Hoje, no entanto, é de Marília Mendonça que vem a grande inspiração de Martins. "Tudo o que ela faz eu ouço e me inspiro", diz ela, que também cita João Paulo e Vinicius”.

Com essas influências, Martins espera repetir o sucesso de “Neném”, que já está próximo dos 18 milhões de visualizações no YouTube. Em sua cidade, até apelido a canção lhe trouxe: “Eu passava nas ruas e as pessoas me chamavam de nenêm. Não esperava que tomaria a dimensão que tomou”.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem