Música

Após música com Anitta, Akon faz show no Brasil e diz gostar da cultura e mulheres de SP

Cantor se apresenta neste sábado no On Music Festival, junto a Kevinho e Bruno Martini

Akon faz show no Brasil no On Music Festival

Akon faz show no Brasil no On Music Festival Divulgação

Beatriz Vilanova
São Paulo

Filho de um músico senegalês, o norte-americano Akon foi um dos artistas que mais marcou o cenário musical dos anos 2000, com sucessos como "Don't Matter", "Lonely" e "Smack That". Aos 46 anos, o cantor continua com fôlego para lançar novas músicas –no último dia 4, 11 anos após seu último disco de estúdio, ele lançou “El Negreeto”, que ele mesmo descreve como um “álbum latino”.

"Eu fiz para comemorar a música latina e a conexão dela com a África. Sempre amei esse estilo, e estou nele desde que comecei a cantar, na verdade”, contou o artista em entrevista ao F5, antes de desembarcar no Brasil. 

Os brasileiros poderão conferir algumas dessas novas faixas em show único no On Music Festival neste sábado (26), no estádio do Canindé em São Paulo, bem como os hits antigos de Akon. Também se apresentam no palco do festival Kevinho, Bruno Martini e outros artistas.

O novo álbum conta com parcerias de Becky G, Pitbull e Anitta, quem ele espera encontrar neste sábado. Essa não é a primeira vez que Akon canta com uma brasileira: em 2009, ele fez uma versão de "Beautiful" com Negra Li. E se depender dele, novas parcerias já serão encaminhadas nos próximos dias no Brasil.

"Há alguns artistas brasileiros que eu gostaria de conhecer quando estiver no país. São muitos, nem me lembro o nome de todos. Mas espero fazer mais parcerias com brasileiros. Eu amo a música brasileira, cara, porque os sons são muito como os da África", diz o cantor.

Akon também chegou a namorar Nicole Bahls por alguns meses, em 2010, e se apresentou no mesmo ano no Festival de Verão em Salvador e no Big Brother Brasil. De volta ao país, ele permanece por uma semana.

“Espero ter tempo para conseguir ir ao Rio de Janeiro, mas eu gosto muito de São Paulo. Já estive algumas vezes ao longo de minha carreira, e eu adoro. Há festas incríveis. A energia, a cultura, a comida, as mulheres… Tudo é lindo", diz o cantor.

O norte-americano de ascendência senegalesa acabou “sumindo” nos últimos anos para se dedicar, desde 2014, ao projeto Akon Lighting Africa, com o qual ele instalou painéis solares para levar energia elétrica às regiões da África que não a tem.

“Voltei para a África para me dedicar a minha companhia de energia. Isso me tomou bastante tempo. Acho que realizei tudo o que deveria, e agora posso voltar para a música e me divertir”, brinca. Em paralelo, o cantor afirma que o projeto continua a ser desenvolvido e que já foi debatido o seu lançamento no Brasil, em 2015, através do Akon Lighting Latin America.

On Music Festival apresenta Akon Tour

  • Quando Sábado (26), às 22h
  • Onde Estádio do Canindé - R. Comendador Nestor Pereira, 33, São Paulo
  • Preço De R$ 180,00 a R$ 900,00
  • Classificação 18 anos
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Mais lidas