Música

Projeto Amigos reúne sertanejos e realiza primeiro ensaio oficial em São Paulo

Zezé, Luciano, Chitãozinho, Xororó e Leonardo farão show dia 20

Da esq. para a dir.: Luciano, Chitãozinho, Zezé, Leonardo e Xororó no projeto Amigos
Da esq. para a dir.: Luciano, Chitãozinho, Zezé, Leonardo e Xororó no projeto Amigos - Fábio Luís de Paula
Fábio Luís de Paula

Na tarde desta quarta-feira (3), realizou-se em São Paulo o primeiro ensaio oficial do Projeto Amigos, que retorna com o show em conjunto dos sertanejos Leonardo, Chitãozinho, Xororó, Zezé Di Camargo e Luciano.

“Esta turnê está sendo muito mais estruturada do que da primeira vez”, contou Luciano, que faz dupla com Zezé. “Mudamos muito, mas a essência continua a mesma. Continuamos com muita amizade e romantismo”.

No estúdio escolhido para a passagem de som, no bairro do Morumbi, zona sul da capital, além de músicos e imprensa, conhecidos e equipe, havia muita emoção. Os artistas, que ensaiaram desde o meio-dia até o fim da noite, estavam bastante empolgados, empenhados em se entrosar nos mesmos moldes da primeira leva de shows.

“Eu me lembro de uma vez em que me apresentei com todos, ainda junto com meu irmão Leandro, que não dei conta de entrar [no palco]. Me engessei de um jeito, pois a emoção tomou conta. Vou ter que estar mais preparado dessa vez, pois em BH vai rolar bastante sentimento”, declarou Leonardo, referindo-se ao show de estreia.

O cantor, que fazia dupla com o irmão Leandro, revelou também que até hoje não consegue assistir às gravações antigas de “Amigos”. “Em casa, não consigo assistir o DVD. Vai ser foda”. Leandro, que morreu em 1998 vítima de um câncer raro e será homenageado no projeto. 

Uma das homenagens será o cenário do espetáculo em formato da letra “A”. O layout é referência à camiseta usada por Leandro ao fim das apresentações, que formava a palavra “AMIGOS”. Leonardo usava a camiseta com a letra “M”, Chitãozinho “I”, Xororó “G”, Zezé “O” e Luciano “S”.

“O show inteiro em si é uma homenagem a Leandro”, despistou Luciano sobre as homenagens surpresas que devem constar no roteiro. “Tudo começou pela amizade. É engraçado como que ele [Leandro] sempre foi além da letra A, de amizade, amor e amigos. Estava sempre envolvido em tudo no projeto. A gente entra no estúdio e fica lembrando”.

MÚSICA INÉDITA

Em conversa com a Folha, os cantores revelaram que uma música inédita foi escrita por Xororó para o projeto. Mesmo assim, ainda não foi gravada e não se sabe se ela fará parte do setlist dos shows. “Na primeira reunião que tivemos sobre o repertório falamos disso. Foi difícil encontrar algo que agradasse todo mundo, até que surgiu a ideia de fazer uma música que fosse uma homenagem à música”, contou Xororó, que faz dupla com Chitãozinho.

“Chamei a dupla Tonny e Kleber, que são meus parceiros de composição. Mostrei para eles o rascunho e a canção nasceu. Quando esbocei a letra, me veio à cabeça o som da sanfona e da viola caipira, e é exatamente assim o arranjo do início da música. Aos poucos vamos acrescentando os outros instrumentos e vamos contando, de certa forma, a história da música sertaneja”, explicou o pai de Sandy e Júnior. “A música se chama Única”, confidenciou

Apontado pelos colegas como o líder do ensaio e do projeto, Xororó ressalta que os músicos são fãs uns dos outros, e que por isso também o projeto é muito especial. “A gente é amigo de verdade e um curte o trabalho do outro. São três horas de show em que a gente não sai do palco, tem que gostar”, justificou.

Entre as músicas acompanhadas pela Folha, convidada pela organização do evento para acompanhar o ensaio, estavam as clássicas “Fio de Cabelo” e “No Dia em que Eu Saí de Casa”.

Após o ensaio, as estrelas do show fizeram a primeira prova de figurino para o espetáculo, que tem a primeira apresentação marcada para 20 de julho, em Belo Horizonte, no estádio Mineirão. Justamente, o mesmo dia em que se comemora o “Dia do Amigo”.
 

 
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem