Música

Zezé Di Camargo & Luciano pode cancelar show no Maranhão após problema com voo em SP

Voo foi cancelado por motivos de segurança

Zezé di Camargo & Luciano
Zezé di Camargo & Luciano - Divulgação

Fabiana Schiavon
São Paulo

A dupla Zezé Di Camargo e Luciano pode cancelar a apresentação que fará na abertura oficial do São João em Imperatriz, no Maranhão, na noite desta quarta-feira (12), devido a problemas no voo com a empresa Latam.

Os músicos e mais 20 pessoas de sua equipe ficaram presos no aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP).  "Quando chegamos ao aeroporto, veio uma menina da Latam e disse que nos iria conduzir a Guarulhos porque esse avião não levantaria voo", disse Luciano à Folha.

Um dos produtores da dupla afirmou que os horários disponíveis não atenderiam a urgência da equipe que precisava chegar a tempo para o show em Imperatriz. "Isso não envolve só a dupla, mas uma grande festa e uma cidade que espera há anos um show de Zezé Di Camargo & Luciano", afirma o cantor.

O voo sairia de Viracopos por volta das 8h50, faria conexão em Brasília e, depois, chegaria a Imperatriz, por volta do meio-dia. O próximo voo disponível da empresa, contudo, seria apenas às 23h, o que impossibilitaria que a dupla e toda a equipe de chegar no horário da apresentação, marcada para meia-noite. 

Inicialmente, Luciano afirmou que o show seria cancelado, mas a produção da dupla informou que está tentando viabilizar uma alternativa para que os cantores cheguem a tempo para a festa. 

Em nota, a Latam Airlines Brasil informou que lamenta o ocorrido e que está em contato com os passageiros. "A companhia esclarece que não mediu esforços para mitigar a experiência dos clientes e ofereceu alternativas, inclusive em companhia congêneres. A empresa informa ainda que o voo LA3060 (Campinas - Brasília) foi postergado em razão de uma manutenção corretiva. A empresa reitera que a segurança é um valor imprescindível e, sobretudo, todas as suas decisões visam garantir uma operação segura".

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem