Música

Quem é Daya Luz, a ex-bailarina do Faustão que se tornou cantora e lança música com Buchecha

Cantora lançou nesta quarta o clipe 'Vai Pirar'

A cantora Daya Luz, nova promessa do pop nacional
A cantora Daya Luz, nova promessa do pop nacional - Adriano Vizoni-8.jun.2017/Folhapress

Beatriz Fialho
São Paulo

Ex-bailarina do Domingão do Faustão Daya Luz lançou nesta quarta (16) a música "Vai Pirar", que tem a participação do cantor Buchecha. Com uma estética futurista, o clipe conta a história de um homem que se apaixona por uma heroína de videogame.

"Alguns trechos da música usam palavras do universo gamer, então pensamos em um estilo diferente, que ainda tivesse esse diálogo da conquista", diz Luz.

A batida é dançante –característica de todos os seus singles até o momento. A cantora explica que busca produzir canções que se relacionem com o universo da dança também, já que foi assim que ela começou, dançando. "Acho que melodias dançantes sempre deixam as pessoas mais alegres e é isso que eu busco."

Esse é o quinto clipe da cantora, que já emplacou uma canção no jogo Just Dance 2017, game de dança virtual. A música em questão é "Te Dominar", uma das mais populares, que tem cerca de 2,8 milhões de visualizações no YouTube.

CARREIRA

Daya se dedica exclusivamente à música há cinco anos. O sonho de ser uma artista, no entanto, existe desde pequena. Aos nove anos começou a fazer aulas de dança por indicação médica e se apaixonou –mas antes disso já queria ser cantora.

Embora more no Rio há sete anos, Daya nasceu em São Paulo, na comunidade de Americanópolis. Com os anos, a dança se tornou um hobbie frente à necessidade de ir trabalhar. "Fui aprendiz em um banco e, com um salário mínimo, pagava a faculdade de administração", diz. "O sonho [de ser cantora] ficou um pouco guardado porque meus pais não acreditavam muito na ideia de ser artista."

Até que surgiu a oportunidade de fazer o teste para o balé do Faustão. Daya diz que deixou tudo para ir ao Rio, e acabou trancando também a faculdade. Mas não se arrepende: "Lá me desenvolvi, consegui aprender muito mais sobre dança e me profissionalizei."

Nos dois anos em que participou do programa, Daya cantava nos corredores. A estratégia era ter seu talento notado. "Um dia um produtor me viu, me chamou para conversar e junto com o meu empresário, apostou no meu potencial."

Ela se afastou da televisão para seguir a carreira musical. Diz estar realizando seu sonho "aos pouquinhos" e está determinada em emplacar cada vez mais sucessos nas paradas. "Amo cantar. Meu pai às vezes brinca 'meu deus, Daya, você respira música'".

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem