Música

Maria Rita, Seu Jorge, João Neto e Frederico e outros artistas cancelam shows devido aos atos de caminhoneiros

Paralisação de caminhoneiros entra sem seu quinto dia consecutivo

A cantora Maria Rita teve que cancelar show em Vila Velha (ES)
A cantora Maria Rita teve que cancelar show em Vila Velha (ES) - Greg Salibian-16.mar.2018/Folhapress

São Paulo

Os cantores Maria Rita, Seu Jorge e a dupla sertaneja João Neto e Frederico tiveram que cancelar os shows que fariam nos próximos dias devido à paralisação dos caminhoneiros, que desde segunda (21) fazem bloqueio em estradas de todo o país.

O presidente Michel Temer assinou nesta sexta (25) decreto que autoriza agentes do Exército, Polícia Rodoviária Federal, Força Nacional e Polícia Militar a desobstruir rodovias, inclusive entrando nos caminhões para retirá-los até mesmo dos acostamentos.

Em sua conta no Twiter, Maria Rita afirmou que as carretas que transportam os equipamentos, os instrumentos musicais e os cenários do show "Amor e Música" não iriam chegar a tempo da apresentação deste fim de semana em Vila Velha (ES) e, por isso, o show na cidade foi cancelado.

De acordo com a assessoria da cantora, o show foi transferido para o dia 14 de setembro e os ingressos previamente adquiridos permanecem válidos para a nova data. Os clientes que desejarem reembolso, segundo a assessoria, devem solicitá-lo no ponto de venda onde foi realizada a compra.

Seu Jorge também comunicou em sua página no Facebook o cancelamento do show que aconteceria nesta sexta (25) no Itaipava Catorze, devido à paralisação. "Por conta dos protestos dos caminhoneiros, toda a logística para a realização do show ficou comprometida". De acordo com o comunicado, o show foi remarcado para 9 de junho. 

A assessoria do cantor disse ainda que o voo da banda não poderia ser feito devido ao fechamento dos aeroportos. "O abastecimento de diesel para os geradores também não pôde ser realizado, assim como o abastecimento de combustível para o traslado local da equipe. Além disso, a carreta com equipamento para realização do show saiu de São Paulo há quatro dias, na segunda-feira, mas ainda está parada na estrada sem conseguir sair do local."

A paralisação dos caminhoneiros também quase prejudicou o show dos Paralamas do Sucesso, que está em turnê pelo Nordeste. A banda teve que transferir os equipamentos de um caminhão, parado por um bloqueio em uma rodovia, para vans a fim de dar continuidade à viagem. A informação foi antecipada por Ancelmo Gois, colunista do jornal O Globo.

Já os shows de Gusttvo Lima, Bruno e Marrone, Marília Mendonça, Henrique e Juliana, Maiara e Maraisa, e Eduardo Costa não foram afetados pelos atos dos caminhoneiros, segundo a assessoria de imprensa dos cantores. 

PRESOS EM GUARULHOS

A dupla sertaneja João Neto e Frederico também cancelaram o show que fariam nesta sexta (25) em Sitio Novo do Tocantins, em Tocantins. Desde a madrugada no aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo, o primeiro voo da dupla seria na parte da manhã, mas foi cancelado.

De acordo com a dupla houve tentativa de fretar um avião pequeno, mas também não tinha combustível para chegar nem voltar do destino. “Estamos de pés e mãos atados, chateados por não conseguir cumprir com nosso compromisso, mas tem coisa que não depende da gente", afirmaram. 

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem