Música

Deise, da banda Fat Family, diz que pressão em cima da filha é maior no The Voice Kids 

Jovem se apresenta no reality da Globo neste domingo (25) 

Mãe e filha, Deise e Talita cantam no 'The Voice Kids' (Globo)
Mãe e filha, Deise e Talita cantam no 'The Voice Kids' (Globo) - Fábio Rocha/Globo
 

Sarah Mota Resende
São Paulo

De uma família de artistas, Talita Cipriano não tinha muito como fugir da profissão da mãe e dos tios. A jovem de 14 anos é filha de Deise, uma das integrantes da banda Fat Family, sucesso na década de 1990 —ainda compõem o grupo os irmãos Celinho, Kátia, Suzetti e Simone. 

E não fugiu. Impulsionada pela mãe, a garota começou a cantar aos cinco anos. "Embora isso seja um dom de Deus e veio naturalmente, eu a incentivei, sim", diz Deise ao F5. Hoje, Talita é uma das participantes da terceira edição do The Voice Kids, competição musical apresentada por André Marques na Globo, aos domingos, a partir das 12h45.

A revelação de que é filha de gente famosa foi feita pela própria Talita após cantar "Fim de tarde", sucesso do Fat Family, e ver todos os técnicos (Carlinhos Brown, Cláudia Leitte e Simone & Simariavirarem as cadeiras em sinal de aprovação, na primeira fase do programa, chamada audições às cegas

A garota, que volta a se apresentar neste domingo (25), quartas de final do reality, escolheu compor o time de Brown. "Você está com tudo, é um talento, cantou com uma afinação impecável, ritmo, suingue, articulação das palavras", disse o cantor na estreia de Talita. Depois, quando Brown precisou escolher, ela foi a opção do baiano. 

Filha única, Talita, que está começando a lidar com a fama, é o xodó e o orgulho da mãe. "Ensino-a a sempre a ter os pés no chão e a ser humilde", afirma Deise

Mas o nome da mãe pesa, e as duas sabem. Nada, entretanto, que faça a garota desafinar de nervoso. "Ajuda e ao mesmo tempo atrapalha. Por ela ser minha filha, a pressão é muito maior. Mas o dom e talento ela já tem." 

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem