SPFW

Lillian Pacce, especialista de moda, indica tendências da SPFW para serem usadas no dia a dia

Peças grandes, xadrez e tons terrosos são algumas das suas apostas

Lilian Pacce na 45ª SPFW
Lilian Pacce na 45ª SPFW - Reprodução Instagram/lilianpacce

Janaína Ribeiro
São Paulo

Lilian Pacce , jornalista e consultora de moda, está presente na semana de moda da capital paulista desde o seu início, quando ainda se chamava Morumbi Fashion.

De todos os desfiles assistidos nesta 45ª edição da SPFW, coleções como as da Água de Côco, Osklen, Reinaldo Lourenço e Fernanda Yamamoto chamaram sua atenção.

“Vejo como tendência muitas peças over size, grandes mesmo, seja na parte de cima como na de baixo; muito xadrez com todas as interpretações possíveis, desde o mais grounge ao mais glam. As franjas estão em alta, muitos tons terrosos, e vemos ainda um pouco de macacão”.

DESAFIO

Nesta semana, a especialista fez um desafio em seu Instagram ao convidar seus seguidores a usarem um mesmo look por uma semana inteira. A única exceção fica por conta dos acessórios, que podem ser trocados diariamente.

Esta é a quinta vez que Pacce propõe às pessoas seguirem a meta. O intuito, diz, é mostrar que é possível ter estilo repetindo a roupa. 

“Nós lavamos roupas demais, passamos roupas demais, estragamos muita roupa, e com isso gastamos muita energia elétrica, além de descartar as peças rapidamente. É só cuidar que dura mais”, afirma. 

Todos os dias, Lillian posta uma foto com o mesmo look usado anteriormente, mas com algum acessório diferente —vale bolsa, sapato, jaqueta ou o que a imaginação permitir. “É um exercício de estilo e criatividade”, diz.

Para os interessados aos desafio proposto no Instagram da jornalista, basta postar suas fotos no decorrer de uma semana com as mesmas peças, porém alterando e incluindo acessórios com a seguinte hashtag: #1lookporumasemana.

Na internet é possível ver depoimentos de pessoas que aderiram a causa  voluntariamente, sem ser a convite da jornalista.

 

SUSTENTABILIDADE

A marca Osklen apostou em materiais sustentáveis em todas as suas peças, como seda orgânica, tingimento natural, algodão orgânico e reciclado, e segundo a consultora, o mercado pede por produtos naturais. "Não é mais uma opção apenas", diz. 
 
“A Osklen está sendo pioneira neste sentido, e acho isso maravilhoso. A Fabiana Milazzo também trabalhou com retalhos de tecidos guardados ao longo do tempo para criar a coleção rica em rendas vista no desfile." 

Das marcas presentes no closet da jornalista não faltam peças de Glória Coelho, Reinaldo Lourenço, Ellus, Juliana Romano e Osklen. “Privilegio marcas brasileiras, já que gosto muito do estilo, corte e acabamento."

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem