SPFW

Camila Coutinho diz que público quer ver pessoas reais e não o inatingível

A blogueira de moda acompanha os desfiles da SPFW

A blogueira de moda e influenciadora digital  Camila Coutinho
A blogueira de moda e influenciadora digital Camila Coutinho - Bruno Poletti-24.out.2016/Folhapress

Janaína Ribeiro
São Paulo

Presença garantida na ​SPFW, a influenciadora digital Camila Coutinho afirmou que a imagem perfeita não atrai mais os seguidores. Segundo ela, tudo que representa o real é o que traz empatia do público.

 "Antes, a imagem perfeita e o inatingível gerava likes, agora não mais. As pessoas querem ver pessoas reais, e por incrível que pareça, isso é mais difícil de fazer, porque é uma exposição real."

Fundadora do blog Garotas Estúpidas, primeira página a aborda moda e comportamento na internet, Coutinho diz que vai lançar seu primeiro livro, "Estúpida, Eu?" (Editora Intrínseca, R$ 49,90), nos próximos dias. "Sei que as pessoas não esperam tanto isso de mim. Por isso que escrevi."

Segundo a blogueira, o Garotas Estúpidas tem 12 anos de criação, e o livro abordará carreira, negócios, pioneirismo, sem esbarrar em uma autobiografia.  "Não tinha um blog de moda no mundo quando comecei a escrever. Falava sobre celebridades, depois moda, beleza, mas não imaginei que viraria pauta. Nunca imaginei que uma garota do Recife virasse celebridade. A figura da blogueira mudou."

Ainda segundo Camila, o fato de a cada dia aumentar o número de influenciadores digitais faz com que ela não se apegue ao pioneirismo, mas sim com a novidade e a qualidade do que se está oferecendo nas redes.  "Número não importa e, sim, quem faz melhor. Se ficar cego pelo ego, se achar que está bombando, pode ser um fracasso."

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem