Estilo

Para ter nariz 'perfeito', famosas recorrem a preenchimento com ácido hialurônico 

Nina, do canal Niina Secrets, no tapete vermelho do YouTube FanFest
Nina, do canal Niina Secrets, no tapete vermelho do YouTube FanFest - Divulgação

CRIS VERONEZ
Rio de Janeiro

O preenchimento do nariz com ácido hialurônico chegou à lista de desejos das famosas. De aplicação rápida, efeito natural e barato em relação às cirurgias, o procedimento é usado para corrigir pequenas imperfeições e ajuda a disfarçar uma rinoplastia malsucedida.

Com mais de 2,8 milhões de seguidores, a youtuber e influenciadora digital Niina  Secrets diz que sempre quis fazer cirurgia plástica para afinar o dorso e levantar a ponta do nariz, mas descobriu que por meio do preenchimento poderia resolver as duas questões. Secrets fez o preenchimento em 2016 e o retocou em meados do ano passado. 

Além dela, a ex-"BBB" Mayara Motti também passou pelo mesmo procedimento. “Fiz uma cirurgia plástica no nariz há seis anos e faltavam uns detalhes de correção. Optei pelo preenchimento e amei. Ficou muito natural e achei incrível porque não dói. A recuperação foi imediata. Pude ir malhar normalmente."

Para a cirurgiã plástica Ana Claudia Roxo, membro-titular da SBCP (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica), a cirurgia de nariz é indicada quando o paciente deseja ter um resultado definitivo ou com alterações funcionais, além de estética. Ela ressalta que, em casos de alterações mais significativas, a rinoplastia é a única opção.

"O preenchimento tem efeito passageiro e não melhora queixas funcionais do paciente. Se ele tem, junto com a imperfeição estética, algum desvio de septo ou algum problema de respiração, o preenchimento não vai sanar nenhuma dessas queixas. Indico o preenchimento apenas como uma 'prévia' da rinoplastia, quando o paciente consegue visualizar melhor a aparência do nariz."

Como o próprio nome diz, o preenchimento não é capaz de diminuir o nariz, somente preenchê-lo. Segundo Juliana Piquet, membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia e Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica, muitas vezes o remodelamento com preenchimento faz o nariz parecer menor. 

Nos últimos dois anos, a procura por procedimentos estéticos não cirúrgicos aumentou 390% no Brasil, de acordo com o Censo 2016 da SBCP. Os tratamentos de preenchimento ocupam a primeira posição, seguidos pelo uso da toxina botulínica, do peeling, do laser e da suspensão com fios.

A dermatologista Karla Assed, membro da SBD e da AAD (American Academy of Dermatology), que atende diversas celebridades da Globo, conta que houve aumento na demanda por preenchimento de nariz em seu consultório nos últimos cinco anos. “Os pacientes buscam o preenchimento de nariz com ácido hialurônico para corrigir pequenos defeitos no dorso nasal e assimetrias das cartilagens."

​SIMULAÇÃO ARRISCADA

As especialistas ouvidas pelo "F5" são unânimes ao dizer que programas de computador que simulam o resultado final do preenchimento não são totalmente confiáveis. “Eles não levam em consideração o tipo de pele da pessoa e, por isso, há limitações nessa simulação. Por meio do programa, é possível saber exatamente a queixa do paciente e o que pode ser feito no caso”, afirma Roxo.

“Isso pode gerar, inclusive, uma expectativa maior para o paciente, que pode achar seu resultado pobre pela idealização que fez vendo apenas um programa de fotos”, diz Assed.

PROCEDIMENTOS E CUIDADOS

O ácido hialurônico pode ser aplicado em todos os tipos de pele, mas deve-se evitar injeções em áreas de infecção. Piquet alerta que o procedimento deve ser realizado por dermatologistas e cirurgiões plásticos. “Evite qualquer outro tipo de profissional, como dentistas e esteticistas, que oferecem essa aplicação”, completa Roxo.

O preenchimento pode ser feito em consultório e dura cerca de meia hora, sem a necessidade de jejum ou qualquer outra forma de preparação. A anestesia não é obrigatória, mas a aplicação de anestésico local torna o procedimento mais confortável para o paciente. 

O resultado final do procedimento, diz Piquet, pode ser visto logo após a aplicação do ácido hialurônico. Ela afirma que a duração é de um ano, em média. “É o tempo que leva para o produto ser degradado”, diz. 

A reaplicação do preenchimento deve ser feita de forma equilibrada. "É importante ter resultado natural e nunca aplicar em excesso. Essa aplicação pode ser feita de acordo como retorno da queixa do paciente, mas em geral entre um e dois anos, dependendo do tipo de ácido hialurônico", diz Assed.

Os valores de preenchimento do nariz com ácido hialurônico variam entre R$ 1.000 e R$ 2.000, segundo fontes consultadas pelo "F5​".

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem