Diversão

Amelinha canta sucessos e homenageia Belchior em show em São Paulo

Cantora se apresenta no Centro Cultural da Penha neste sábado

De braços abertos e roupas escuras, cantora Amelinha canta ao microfone em apresentação ao vivo
Cantora Amelinha faz show gratuito no Centro Cultural da Penha no sábado (15) - Divulgação
Fernando Silva
São Paulo

A cantora Amelinha, 68, diz que shows como o deste sábado (15), no Centro Cultural da Penha, na zona leste de São Paulo, trazem muitos sentimentos à tona. “Quando o público canta as músicas, bate a emoção”, diz.

No palco, ela se apresenta com Julio Brau. “É voz e violão. [O espetáculo] Tem uma conotação de mostrar as canções como ouvi [pela primeira vez] dos compositores com quem trabalhei.”

Integrante do chamado Pessoal do Ceará, turma de artistas como Fagner e Ednardo, que fizeram sucesso nos anos 1970 e 1980, Amelinha homenageia outro astro da companhia, seu amigo Belchior (1946-2017).

Do disco só com composições do conterrâneo —“De Primeira Grandeza”, que ela lançou no ano passado—, ela canta “Paralelas”, “Passeio” e "Princesa do Meu Lugar" (esta, nunca gravada por Belchior).

 
Os sucessos da cantora “Frevo Mulher” (de seu ex-marido Zé Ramalho), “Mulher Nova, Bonita e Carinhosa Faz o Homem Gemer sem Sentir Dor” (de Otacílio Batista e Zé Ramalho) e "Foi Deus Quem Fez Você" (de Luiz Ramalho) não ficam de fora.

“São músicas atemporais. E à medida que amadureço, descubro coisas novas nelas", afirma.

Amelinha

  • Quando Sábado (15), às 20h
  • Onde Centro Cultural da Penha (lgo. do Rosário, 20, Penha de França)
  • Preço Grátis
  • Classificação Livre
  • Tel. (11) 2295-0401
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias