Tony Goes

Carmo Dalla Vecchia sai do armário, sob o aplauso das redes sociais

Reação positiva dos internautas mostra que o Brasil está evoluindo

Carmo Dalla Vecchia - Globo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

A televisão brasileira viveu mais um momento histórico neste domingo (11). Logo antes de apresentar seu número na repescagem da Super Dança dos Famosos (Globo), o ator Carmo Dalla Vecchia mandou um beijo para seu filho, Pedro, e seu marido, João – que, como o próprio perfil da Globo no Twitter confirmou, trata-se de João Emanuel Carneiro, autor de novelas como “Avenida Brasil" e “Segundo Sol”.

A Super Dança dos Famosos está se tornando um palanque para o ativismo LGBTQIA+. Na semana passada, Tiago Abravanel dançou uma coreografia em que, ao tirar um boné, revelava uma peruca loura e cacheada. O ator depois explicou que era uma metáfora para a saída do armário –algo que ele já fez na vida real, assumindo a relação com o produtor Fernando Poli no começo de 2020.

O gesto de Carmo Dalla Vecchia foi ainda mais ousado. O ator costuma ser escalado para papéis de galã, e o senso comum indica que o público não aceitaria um homossexual assumido como protagonista romântico. No entanto, a reação nas redes sociais foi largamente positiva, apesar de muita gente ter sido pega de surpresa.

Ainda são relativamente poucos os casos de atores famosos que se declaram homo ou bissexuais. Alguns são mais velhos, como Marco Nanini ou Sérgio Mamberti, que já estão acima do bem e do mal. Outros são quase estreantes, como Igor Cosso, o Junior da novela “Salve-se Quem Puder” (Globo). Na faixa etária de Carmo, e ainda mais célebre do que ele, há Reynaldo Gianecchini .

As mulheres são mais numerosas. Inúmeras atrizes já saíram do armário, e algumas delas são do primeiro time, como Vitória Strada ou Nanda Costa. De modo geral, nenhuma teve a carreira prejudicada –mas Nanda e sua mulher, a cantora e percussionista Lan Lanh, sofreram ataques virtuais ao anunciar que esperam gêmeas, duas semanas atrás.

Era até de se esperar. Como o próprio Carmo Dalla Vecchia lembrou na Super Dança, o Brasil é o país do mundo em que mais se matam mulheres travestis e transexuais. A violência contra elas está tão normalizada que até nos indignamos quando surge alguma notícia –a mais recente, a morte de Roberta, a sem-teto do Recife que teve 40% do corpo queimado e os dois braços amputados, depois que um adolescente jogou álcool sobre ela e ateou fogo. Mas não vamos às ruas protestar, como fizeram muitos espanhóis depois que o jovem de origem brasileiro Samuel foi espancado até a morte em La Coruña.

Nesses dois casos, os suspeitos são todos menores de idade, o que indica que muitos jovens estão assimilando os mesmos valores atrasados de seus pais e avós. Mas as pesquisas também indicam que a aceitação dos LGBTQIA+ cresce à medida que a idade diminui. Ou seja: é questão de tempo até que este assunto deixe de ser polêmico.

Até lá, atitudes como as de Carmo, Tiago e tantos outros são de extrema importância. Ao se revelarem, eles dão coragem a milhares de outros jovens Brasil afora, alguns vivendo sob condições terríveis.

É disto que os reacionários têm tanto medo: que gays, lésbicas e afins levem vidas tranquilas e bem-sucedidas, incentivando milhares de outros a perderem o medo de se expor. É disto que fala, por exemplo, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), quando disse que “ninguém tem nada contra a vida particular de ninguém, mas querer impor o seu costume, o seu comportamento para os outros, não”, referindo-se ao governador gaúcho Eduardo Leite (PSDB).

Nenhum LGBTQIA+ quer impor seu “costume” para quem quer que seja. Até porque isto é impossível. Ninguém se torna gay por osmose. O que queremos é respeito, cidadania plena e todos os direitos que todo mundo tem, sem tirar nem por. Neste domingo, Carmo Dalla Vecchia nos ajudou a avançar mais uma casinha.

Tony Goes

Tony Goes tem 60 anos. Nasceu no Rio de Janeiro, mas vive em São Paulo desde pequeno. Já escreveu para várias séries de humor e programas de variedades, além de alguns longas-metragens. E atualiza diariamente o blog que leva seu nome: tonygoes.com.br

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem