Tony Goes

Com imagens deslumbrantes e erotismo sutil, estreia de 'Ligações Perigosas' pecou pelo final abrupto

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

A Globo vem ressuscitando o horário mais tardio de sua dramaturgia com tramas que abordam, de maneira explícita, assuntos que ainda são tabu em outras faixas: sexo, drogas, violência. A recente "Verdades Secretas" reuniu todos esses ingredientes, e arrebentou na audiência.

Por isto, não é de se admirar que a emissora tenha escolhido recontar o clássico "Ligações Perigosas". O romance epistolar de Choderlos de Laclos combina sedução, vingança, intriga e perdição, e já ganhou inúmeras versões para o teatro e o cinema. Ou seja, o candidato ideal para uma adaptação suntuosa.

Leia também: Thiago Stivaletti - Minissérie traz de volta o erótico chique com um belo copo na cara
Nome da série vira meme na internet; confira algumas 'Ligações Perigosas'

De fato, o primeiro capítulo da série, exibido nesta segunda (4), foi luxo só. Com cenários e figurinos que remetem à década de 20 do século passado, realçados por uma fotografia surpreendente. Várias tomadas tinham algo raríssimo na TV: profundidade. As perspectivas eram tão ricas em detalhes que, em alguns momentos, as imagens pareciam ter sido gravadas em 3D.


Não foi a única surpresa. Quem estava esperando por cenas escandalosas pode ter se frustrado. O beijo lésbico entre duas prostitutas num bordel, logo numa das primeiras sequências, aconteceu longe da câmera. Afinal, para quê mostrar ao telespectador algo que ele já viu antes?

Mas não houve pudor. Pouco depois, veio um momento realmente chocante: num flashback, a jovem Isabel d'Ávila de Alencar (feita nesta fase por Isabella Santoni) aparece praticamente se masturbando no confessionário, para desespero e delícia do padre.

Isabel é o nome que a marquesa de Merteuil recebeu no texto assinado por Manuela Dias. Vivida quando madura por Patrícia Pillar, uma atriz mais interessante a cada ano que passa, ela é o motor do enredo intrincado, que teve seus principais personagens apresentados com eficiência e parcimônia.

Pena que este episódio de estreia tenha acabado abruptamente, sem um grande gancho. A sensação foi de que ele teve que ser abreviado para que entrasse logo o filme da "Tela Quente". Mas, pelo pouco que mostrou, dá para perceber que "Ligações Perigosas" será, se não um marco da nossa TV, pelo menos um entretenimento de alto nível, muitíssimo bem acabado.

Ligações Perigosas
QUANDO: SEG. À SEX.: 23H
ONDE: GLOBO

Tony Goes

Tony Goes tem 60 anos. Nasceu no Rio de Janeiro, mas vive em São Paulo desde pequeno. Já escreveu para várias séries de humor e programas de variedades, além de alguns longas-metragens. E atualiza diariamente o blog que leva seu nome: tonygoes.com.br

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias