Tony Goes

Beleza e carisma de Vera Fischer resistem a tudo

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Para quem ganhou um papel relativamente pequeno em "Salve Jorge", até que Vera Fischer tem aparecido bastante na mídia.

Morena escapa da morte, mas perde filha para Érica em "Salve Jorge"
"Sexo fica cada vez melhor", diz Flávia Alessandra sobre o marido
Bruna Marquezine finge falar ao celular para evitar assédio de fãs

Ela tem este dom. A beleza indestrutível e a personalidade fortíssima sempre fizeram com que esta catarinense de Blumenau se destacasse.

Por incrível que pareça, ela é a única ex-Miss Brasil que conseguiu engatar uma carreira artística. Muitas tentaram --e algumas, como Marta Rocha, até se tornaram celebridades duradouras. Mas só Vera se transformou numa estrela.

Hoje ela faz a Irina de "Salve Jorge", uma ex-traficada de origem russa que acaba aderindo ao crime de que foi vítima. É uma personagem interessante, e que se completa com a de Rosângela (Paloma Bernardi), que está repetindo sua trajetória.

Além do mais, Irina é uma figura frequente na trama. O mesmo não se pode dizer dos personagens de Cristiana Oliveira, Eva Todor, Stênio Garcia, Duda Nagle e dezenas de outros. Dos mais de 80 papéis da novela, o de Vera deve estar entre os "top 15".
Mas ela reclama. Acha que uma atriz de seu porte merecia muito mais. Pode ser. Mas sua última protagonista foi em "Agora que São Elas", 10 anos atrás. De lá para cá, só tem feito participações relativamente pequenas.


Dois fatores explicam este sumiço. O primeiro é o pé atrás que muitos diretores da Globo ainda têm com Vera. Ela foi uma espécie de Lindsay Lohan dos anos 90: chegava atrasada às gravações, ou simplesmente desaparecia. Passou por um divórcio tumultuadíssimo, que rendeu inúmeras manchetes. E era sempre fotografada nas baladas, o que rendeu um extenso folclore ao seu redor.

Aprontou tanto que precisou ser eliminada da novela "Pátria Minha" (1994-95), de Gilberto Braga. Sua personagem, uma das principais, morreu num incêndio.

Depois ela se recuperou e reconquistou a confiança da emissora. Mas aí entra o segundo fator: o tempo. Vera, como qualquer um de nós, não está ficando mais jovem. E todos nós sabemos que os bons papéis femininos mínguam com o avançar da idade.

Ela diz que em outros tempos daria um chilique, mas o fato é que sua Irina causa impacto até mesmo pelas coisas que não faz. O "hashtag" "Levanta Irina", que chegou ao topo dos "trending topics" no Twitter algumas semanas atrás, é um exemplo: uma piada maldosa, é claro, mas também a prova de que ela nunca passa desapercebida pelo público.

Comentou-se que a própria Vera teria pedido para gravar sentada, para não expor demais o corpo um pouco acima do peso. Esta semana ela mesma assumiu o problema, e disse que já começou a emagrecer.

Bobagem, Vera: você não deve explicações a ninguém. Está esplendorosa para uma mulher da sua idade, e tem um currículo invejável.

Você se sente mal aproveitada em "Salve Jorge"? O problema é da novela, não seu. E novela acaba rápido. Você continua, magnífica e poderosa desde que vestiu a faixa de miss. Você resiste a tudo --até a você mesma.

Tony Goes

Tony Goes tem 60 anos. Nasceu no Rio de Janeiro, mas vive em São Paulo desde pequeno. Já escreveu para várias séries de humor e programas de variedades, além de alguns longas-metragens. E atualiza diariamente o blog que leva seu nome: tonygoes.com.br

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias