Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

De faixa a coroa

Miss Mundo 2021 é adiado horas antes da final devido a casos de Covid

Final seria nesta noite em Porto Rico e previsão, agora, é remarcá-la em 90 dias

Caroline Teixeira Raffael Rodrigues

  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

A organização do Miss Mundo acaba de anunciar oficialmente que a final da edição 2021, que aconteceria na noite desta quinta-feira (16) em Porto Rico, foi adiada. A decisão, tomada horas antes da coroação, acontece pelo aumento dos casos de Covid-19 detectados entre candidatas e equipe do concurso.

"Depois de se reunir com os virologistas e médicos especialistas contratados para supervisionar o evento e discutir com o Departamento de Saúde de Porto Rico, foi tomada a decisão de adiar a transmissão global do evento, a ser realizada nos próximos 90 dias", disse a nota enviada à imprensa.

Ainda de acordo com a organização, a eleição da nova Miss Mundo (ou Miss World, no título original) deve acontecer nos próximos 90 dias, também na ilha caribenha. Por ora, todas as 97 candidatas que estão em San Juan, capital porto riquenha, desde meados de novembro, devem voltar para seus países de origem.

O grupo de pessoas infectadas, porém, deve entrar em "quarentena imediata, enquanto se aguarda em observação e mais testes". A nota ainda afirma que apenas quando os infectados forem liberados pelos médicos infectologistas é que retornarão aos seus países de origem.

A organização do Miss Mundo já havia informado nesta terça-feira (14) que sete misses da atual edição estavam isoladas por suspeita de estar com Covid-19. Não foi confirmado oficialmente quem eram as postulantes, mas fóruns de misses em todo o mundo especulam que sejam as representantes da Indonésia, Índia, Tanzânia, México, Nigéria, Somália e Filipinas.

Sites especializados na cobertura desse tipo de evento também acreditam que na nova leva de infectados está a atual Miss Mundo, a jamaicana Toni-Ann Singh, 25, e a CEO da Miss World Organisation, a filantropa inglesa Julia Morley, que é do grupo de risco por ter 82 anos.

Segundo a agência de notícias EFE, os casos de Covid-19 aumentaram em Porto Rico nos últimos dias e levaram à suspensão temporária da liga de beisebol. Na quarta, houve 176 casos positivos entre participantes dos shows de Bad Bunny no último fim de semana e 39 entre membros do campeonato de beisebol.

MISS BRASIL ESTÁ BEM

Consultado pela coluna, o responsável pela franquia brasileira disse que a Miss Brasil Mundo, Caroline Teixeira, 24, não está com Covid e retornará ao Brasil na madrugada deste sábado (18). "Conversamos com a Carol e ela também entendeu a decisão e vai aproveitar esse tempo, agora conhecendo o concurso de perto, para se preparar ainda mais para conquistar a coroa para o Brasil", disse o empresário gaúcho Henrique Fontes.

Segundo Fontes, a decisão é frustrante para todos, mas ele acredita que a segurança das pessoas precisa prevalecer. "É lógico que nos sentimos frustrados com o adiamento do concurso. Havia uma grande expectativa e Carol estava pronta para essa grande final da edição do concurso. Porém, entendemos que a saúde das misses, de todas as pessoas envolvidas e até mesmo do público são prioridade".

Ele está em Porto Rico desde a semana passada, justamente para acompanhar o espetáculo. Ele relatou que desde que chegou nenhum visitante ou coordenador teve permissão de chegar perto das misses por protocolo sanitário de combate à pandemia. Mesmo assim, houve o surgimento dos primeiros casos e eles aumentaram.

"Os casos estão se multiplicando e o evento em si causaria aglomeração. Damos total apoio à decisão da organização internacional e aguardamos novas instruções", pontuou.

Para Marina Fontes, que comanda o Miss Brasil Mundo ao lado do irmão, está foi a melhor decisão a ser tomada pelo mundial. "A organização colocaria a credibilidade deles em risco realizando uma final mediante essa situação. Sei que é uma decisão difícil, mas é o certo a se fazer. A final será feita novamente quando tudo isso passar e, obviamente, outras providências serão tomadas para que ocorra de forma segura".

"Estamos torcendo para que as meninas infectadas fiquem bem e aguardamos com muito carinho a chegada da nossa Carolzinha fisicamente e mentalmente bem, com saúde e forte", conclui.

Esta é a primeira vez que o Miss Mundo acontece num país latino, antes as países sede ficavam focados principalmente no eixo Europa-Ásia. A final da edição comemorativa de número 70 estava agendada para acontecer no palco do Coca Cola Music Hall, com transmissão internacional da Telemundo e no Brasil pelo serviço pago DirectvGo. O teatro abriga até 10 mil pessoas em sua plateia.

A disputa internacional, bastante popular nos continentes asiático, europeu e africano, aconteceria depois de um hiato de dois anos —a última edição foi em dezembro de 2019. A organização optou por não fazer evento em 2020 justamente por causa da pandemia.

Diferente do Miss Universo, que realiza todas suas etapas em cerca de uma semana, o Miss Mundo tem duração aproximada de um mês. Para se ter uma ideia, a Miss Brasil embarcou rumo ao confinamento no dia 20 de novembro.

Antes do adiamento do concurso, Carol conversou com a coluna e se disse ansiosa para o show. "Estamos ensaiando bastante e tenho certeza de que a final será emocionante e linda para o público. Eu estou bastante ansiosa e, claro, com tantas provas e com um concurso tão longo, o resultado pode vir a ser surpreendente", conta ela, que é formada em Direito e também é atleta.

O Brasil venceu o Miss Mundo apenas uma vez, em 1971 com a médica carioca Lúcia Petterle. Portanto, se Carol vencer nesta noite, ela quebra um jejum de 50 anos sem vitórias para o país.

De faixa a coroa

Fábio Luís de Paula é jornalista especializado na cobertura de concursos de beleza, sendo os principais deles o Miss Brasil, Miss Universo, Miss Mundo e Mister Brasil. Formado em jornalismo pelo Mackenzie, passou por Redações da Folha e do UOL, além de assessorias e comunicação corporativa.
Contato ou sugestões, acesse instagram.com/defaixaacoroa e facebook.com/defaixaacoroa

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem