Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui para continuar.

Zapping - Cristina Padiglione

Amazônia: GloboNews produziu série sobre a região onde jornalista desapareceu

Fernando Gabeira relata invasões no Vale do Javari em Pelas Estradas do Brasil, ainda inédita

Fernando Gabeira esteve recentemente na região - 07.mai.2012-Adriano Vizoni/Folhapress
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

O mesmo Vale do Javari, na Amazônia, onde desapareceram o jornalista Dom Phillips, do jornal The Guardian, e o indigenista Bruno Araújo, da Funai, serve como cenário para a série Pelas Estradas do Brasil, de Fernando Gabeira na GloboNews.

A região, que sofre constantemente com invasões, reúne os chamados povos isolados. Gaberia, que foi à Amazônia, mas não propriamente ao Vale do Javari, conversou com um especialista sobre aquele local em entrevista realizada em Brasília. E relata que os indígenas também sofrem com precária assistência na área da saúde. Muitos dos problemas estão ligados à malária e à água contaminada.

A primeira reportagem da série está programada para ir ao ar neste domingo (12), às 21h30.

A Polícia Federal foi acionada para investigar o desaparecimento do jornalista e do indigenista, que é membro da Unijava e servidor em licença da Funai (Fundação Nacional do Índio). Os dois viajavam para uma reportagem pelo Vale do Javari.

Segundo a Univaja (União dos Povos Indígenas do Vale do Javari) e o Opi (Observatório dos Direitos Humanos dos Povos Indígenas Isolados e de Recente Contato), o último registro que se tem dos dois aconteceu na manhã do domingo (5), na comunidade de São Rafael.

"O Vale do Javari é a segunda maior terra indígena do Brasil", disse Beto Marubo, membro da Organização Indígena UNIVAJA, a Gabeira. "Ela detém a maior quantidade de índios isolados no mundo, segundo dados oficiais do próprio governo", continua. "Nossa reivindicação é expor o estado de fragilidade que se encontra hoje esses povos nesta região. A gente não tem poder de polícia para enfrentar pescadores e caçadores ilegais, que são quadrilhas organizadas numa região de fronteira. Os garimpeiros atuam também de forma ilegal. Os povos isolados ficam muito vulneráveis porque é o Estado que tem que fazer esse trabalho."

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem