Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui para continuar.

Zapping - Cristina Padiglione

Globo investe em série escrita e encenada por maioria negra

'Encantado's' é 1ª criação de roteiristas na TV e conta ainda com Tony Ramos

Luís Miranda, Vilma Melo, Tony Ramos e elenco da série 'Encantados'
Luís Miranda faz selfie do elenco de Encantados, série com Neusa Borges, Vilma Melo, Dandara Mariana e Tony Ramos, entre outros - @thaisinhapontes no Instagram
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Criada e escrita por Renata Andrade e Thais Pontes, duas roteiristas reveladas à Globo por meio de uma oficina promovida pela emissora para novos autores, "Encantado's" começa a ser gravada na próxima semana, com destino inicial para o GloboPlay e, mais adiante, para a TV aberta.

São onze episódios, escritos por elas e pela dupla Antonio Prata e Chico Mattoso, que embora entendam muito de roteiro, conheciam pouco o universo no qual a nova produção mergulha, como confessou o próprio Prata em crônica na Folha.

Assim, os dois homens brancos, mais experientes em escrever para a TV, entregam às duas roteiristas negras tudo o que sabem sobre a arte do script, enquanto elas apresentam aos dois um mundo que eles mal percebiam --assim como as câmeras. "Encantado's" é a primeira obra autoral de Renata e Thais, mas não exatamente a estreia da dupla na TV. As duas chegaram a integrar a equipe de escritores do extinto "Zorra".

"Encantado's" se notabiliza por ter duas mulheres negras na criação e também elenco majoritariamente negro, sem que o enredo resvale para temáticas de violência ou racismo, como costuma acontecer com as ainda raras produções audiovisuais que se orgulham de buscar diversidade na frente e atrás das câmeras.

FOCO NA INVISIBILIDADE

A história se passa em Encantado, bairro que compõe a região do Méier, no subúrbio do Rio e tem como protagonistas Luís Miranda e Vilma Melo. Eles são os irmãos Heraldo e Olímpia, que herdaram um mercadinho do pai, morto então recentemente.

Heraldo é louco por samba e Carnaval, enquanto Olímpia se dedica a tocar o negócio que garante a sobrevivência da família. O cenário é mercado durante o dia; à noite, vira espaço para os ensaios da escola de samba fundada pelo patriarca.

O elenco, que conta com Neusa Borges, Dandara Mariana, Evelyn Castro, João Côrtes, Augusto Madeira, Luelen Castro, Digão Ribeiro, Dhon Auguso, Du Moraes, Ludmila Anjos e Ramille, terá ainda a luxuosa presença de Tony Ramos. A direção ficará a cargo de Henrique Sauer.

A história focaliza o Carnaval do Rio por um ângulo que passa longe dos holofotes da Sapucaí, o que explica a visita e um workshop de toda a equipe na GRES Arrastão de Cascadura, escola do grupo D do RIo, onde prevalece a batalha para subir qualquer degrau rumo ao grupo de agremiações mais nobres. Ali, o pessoal desfila todo ano pela Estrada Intendente Magalhães, a "passarela do povão", a 22 km da Sapucaí.

Assim, "Encantados" joga luz sobre uma gente duplamente invisibilizada, tanto pela posição que ocupa socialmente como cidadã, como também pela cultura carnavalesca que não é notada, embora esteja dentro da maior indústria da folia no país.

A produção ainda não tem estreia definida.

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem