Zapping - Cristina Padiglione

Papo de Segunda debate a síndrome de ter síndrome

Fábio Porchat, João Vicente, Emicida e Chico Bosco conversam ainda sobre a 'graduação do amor'

Fábio Porchat, João Vicente de Castro, Emicida e Chico Bosco
Fábio Porchat, João Vicente de Castro, Emicida e Chico Bosco em temporada de verão do Papo de Segunda, no GNT - Reprodução YouTube GNT
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Ainda em recesso das exibições ao vivo, o "Papo de Segunda", boa roda para provocar reflexão na audiência, segue no ar com edições que o quarteto de apresentadores deixou pronto antes de honrar merecidas férias.

Tratado como "Papo de Segunda Verão", o programa desta segunda (7) propõe falar sobre a síndrome de ter síndrome. Sem desprezar evidentemente os casos legítimos, Fábio Porchat, João Vicente de Castro, Emicida e Chico Bosco debatem a tendência de diagnóstico da moda e também as muletas que usamos para desculpar nossas falhas ou desleixos.

A edição reserva ainda espaço para a graduação do amor, ou a maturidade afetiva --que nada tem a ver com idade: o que você consegue aprender de uma relação e aplicar nos romances a seguir? Quantos erros e acertos alguém é capaz de assimilar para futuras relações?

Entrevistada por João Vicente, Deborah Secco conta que uma das coisas que mais a fazia feliz era estar apaixonada: "Eu estava sempre apaixonada e buscava também relações que não fossem tão bem sucedidas porque eu gostava de sofrer, de ir pro quarto botar aquela música, dar uma chorada." Hoje casada com o modelo e surfista Hugo Moura, Deborah diz que demorou a entender que a felicidade estava na paz: "A minha relação com o Hugo é diferente de tudo que eu já vivi, é uma relação onde eu sou plenamente feliz. Eu costumo dizer que o Hugo é a minha pessoa preferida no mundo".

Os apresentadores do Papo ainda conversam sobre compensação e autogratificação, o famoso "hoje eu mereço". Eles falam sobre até que ponto é sábio ser generoso consigo mesmo ou uma cilada que só nos estressa.

O programa vai ao ar às 22h, pelo canal GNT, e ganha, com algum delay, trechos disponíveis no canal do GNT pelo YouTube.

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem