Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui para continuar.

Zapping - Cristina Padiglione
Descrição de chapéu pantanal

Camila Morgado vira advogada em nova série na Prime Video

Atriz está também em 'Pantanal' e na Netflix, sendo referência de um novo mercado de TV

Camila Morgado em cena da série 'Sentença'
Camila Morgado é a advogada criminalista Heloísa na série 'Sentença', original da Amazon Prime Video - Divulgação
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Camila Morgado está no catálogo da Netflix em um dos papéis mais surpreendentes de sua trajetória, na série "Bom Dia, Verônica". Na Globo, a atriz acaba de gravar o remake de "Pantanal", próxima novela das nove, na qual a emissora aposta todas as suas fichas. E nesta semana, a Amazon Prime Video anunciou sua presença no protagonismo da nova série original brasileira da plataforma, "Sentença", que traz Morgado como uma advogada criminalista.

A estreia de "Sentença" está agendada para 15 de abril, com seis episódios de 45 minutos cada. Helo-ísa, nome de sua personagem, é uma profissional que faz valer a tese de que todo mundo tem direito à defesa e à justiça.

A presença da atriz em várias telas é a demonstração prática do quanto o mercado de audiovisual vem se alterando nos últimos cinco anos. Até bem pouco tempo atrás, a figura de Morgado era vinculada exclusivamente à Globo. Agora, a líder de audiência mantém seu nome nos créditos de suas produções, mas já não a mantém sob contrato de exclusividade, o que tampouco parece fazer falta a ela --muito pelo contrário--, permitindo que ela esteja em outras telas, sem restrições.

O único limite para aparecer em canais e plataformas concorrentes é conciliar as agendas de gravação. No caso de "Bom Dia, Verônica", trata-se de uma série lançada há dois anos. Mas "Pantanal" e "Sentença", gravada antes da novela, serão lançadas quase ao mesmo tempo.

Traumas e fantasmas

Em "Sentença", Heloísa é descrita como profissional experiente que conhece profundamente a complexidade do cárcere e do sistema prisional brasileiro onde tantos definham, abandonados sem a devida assistência legal. Mas quando um caso choca o país e Heloísa se torna advogada da suposta assassina, ela se vê em meio a uma situação que envolve o líder da maior facção criminosa do país e pessoas misteriosas que querem vê-lo morto.

Enquanto percorre essa perigosa jornada, Heloísa lida também com um trauma de infância que pode revelar um doloroso segredo familiar. Na busca não só pela verdade do que aconteceu no caso de sua nova cliente, mas também pelos mistérios dos crimes de sua própria família, a advogada precisa decidir se cruza ou não a linha que a separa entre o direito de defesa e a possibilidade de cometer um crime imperdoável.

A nova série tem produção de Carla Ponte e Santiago López Rodríguez, da Cimarrón Cine. A direção é de Anahí Berneri e Marina Meliande, com criação de Paula Knudsen. A série também tem roteiro de Paula Knudsen, Cássio Koshikumo, Davi Kolb, Francine Barbosa, Maria Shu, Luíza Fazio e Janaína Tokitaka.

O elenco conta ainda com Fernando Alves Pinto, Victor Hugo Martins, Lena Roque, Rui Ricardo Diaz, Heloísa Jorge, Lourinalson Vladmir, Samya Pascotto, Pedro Caetano, Lucinha Lins, Arthur Kohl, Bárbara Colen, Clara Carvalho, Alexandre Apolinário, Marcos Alberto Filho, Eli Ferreira, Leandro Daniel e Sarah Roston.

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem