Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Zapping - Cristina Padiglione

Amazon divulga primeiras imagens da 2ª temporada de 'Dom'

Série com Gabriel Leone gerou controvérsias na família do personagem real

Gabriel Leone em 'Dom'
Dom, série da Amazon Prime Video, com Gabriel Leone: cena da 2ª tgemporada - Reprodução Youtube
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

O Prime Video divulgou nesta sexta-feira (3) um vídeo de edição frenética com as primeiras imagens da 2ª temporada de "Dom", série brasileira original Amazon, baseada na história de Pedro Dom, personagem que abalou a zona sul do Rio de Janeiro no início dos anos 2000. Dependente químico, ele assaltava mansões de luxo com facilidade, pelo estereótipo de moço bonito e bem nascido.

https://www.youtube.com/watch?v=XwxNN4MU5n8

O vídeo destaca Pedro Dom ( Gabriel Leone) na prisão, além de resgatar personagens já conhecidos do público como Victor Dantas ( Flávio Tolezani e Filipe Bragança), Viviane ( Isabella Santoni) e Jasmin ( Raquel Villar).

A 1ª temporada recebeu ótimas críticas e logo alcançou o posto de produção brasileira mais vista no mundo pelos assinantes da plataforma. Mas também despertou na mãe de Pedro Dom, Nídia Sarmento de Oliveira, e em uma de suas irmãs, Érika Grandinetti, protestos pela exposição da história do personagem e de dores que lhes são tão caras.

As duas fizeram uma série de observações que as contrariaram na adaptação da vida real para a ficção, acusando a produção de enaltecer a figura do pai de Pedro Dom, Vitor, na tela vivido por Flávio Tolezani, que, segundo elas, nunca respeitou o prazo necessário para as internações de Pedro em clínicas de reabilitação, ao contrário do que a série mostra.

Foi o próprio Vitor da vida real quem insistiu para que Tony Belotto escrevesse a história de seu filho, que ocupou as páginas policiais dos jornais da época. A transposição do enredo para a tela foi feita por Breno Silveira, diretor da série, que tem produção da Conspiração, a partir do livro de Belotto, escrito com a ajuda dos relatos do pai de Pedro Dom. Vitor morreu em 2019 e chegou a avalizar o livro.

Belotto compartilha com a outra irmã de Pedro Dom, Veronica, os dividendos sobre as vendas do livro. Na vida real, ele tinha duas irmãs, embora na série exista apenas uma, o que já indica que a produção fictícia não tinha pretensão de ser tão fiel à realidade.

Entre as cenas já gravadas para a nova temporada, destacam-se a recriação de um conflito entre indígenas e madeireiros ambientada na Amazônia dos anos 1970, a recriação de uma rebelião dentro de um presídio com mais de 200 figurantes, e uma perseguição ambientada no Nordeste, já nos anos 2000, envolvendo quatro caminhonetes e troca de tiros, além de uma entrega de carregamento de drogas feita com um avião de verdade em pleno voo.

A Amazon promete que a sequência dará ao público a chance de se aprofundar na vida de Pedro Dom e nos momentos posteriores de sua história como um dos criminosos mais famosos do Rio de Janeiro.

Ao lado de Gabriel Leone, Flávio Tolezani, Filipe Bragança, Raquel Villar e Isabella Santoni, a segunda temporada também contará com Tainá Medina, João Oliveira, Antonio Carrara, Adanilo Reis, Lian Gaia, Ana Cecilia Costa, André Ramiro, Milton Filho, Dhonata Augusto, Rafael Losso, Eduardo Pelizzari e a atriz mexicana Ludwika Paleta no elenco. Dom é dirigida por Breno Silveira e André Barros. Breno também assina como produtor executivo e showrunner, além de liderar a equipe de roteiristas formada por Fábio Mendes, Higia Ikeda, Priscila Gontijo e Marcelo Vindicato. Renata Brandão e Ramona Bakker, da Conspiração, são as produtoras. Antonio Pinto e Gabriel Ferreira compuseram a trilha sonora original.

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem