Zapping - Cristina Padiglione

Quase 20 anos depois, Marcelo Médici volta ao banco da Praça É Nossa

Ator fará participação especial no SBT, enquanto grava nova temporada do 'Vai que Cola'

O ator Marcelo Médici como o corintiano que agrada multidões há 20 anos, dos palcos à TV - Divulgação/Cada Um com Seus Pobrema (peça teatral)
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Quase vinte anos depois de ter brilhado como o Zoinho, torcedor do Corinthians em A Praça É Nossa, Marcelo Médici volta ao banco de Carlos Alberto de Nóbrega para uma participação especial no humorístico do SBT, a convite de Marcelo Nóbrega, diretor do programa e filho do apresentador.

Na próxima semana, Médici termina de gravar uma nova comédia da Netflix, ao lado de nomes como Silvero Pereira, Fernanda Paes Leme, Maíra Azevedo, Gkay, Thati Lopes, Raphael Logan, Paulo Tiefenthaler e Rômulo Arantes Neto, entre outros.

Já no dia 6 de setembro, ele inicia as gravações da 9ª temporada do "Vai que Cola", para o Multishow. A gravação para A Praça será na segunda quinzena de setembro.

Foi o Multishow que deu a Médici a sua primeira projeção de Médici na TV, em 1998, quando ele venceu o Prêmio Multishow de Humor, tendo seu motoboy como personagem de apresentação da ocasião.

No ano seguinte, estrearia na Praça É Nossa com Zoinho. Antes de chegar à Globo, em 2005, onde participou dos seriados "Sob Nova Direção" e "A Diarista", entrando a seguir na novela "Belíssima", de Silvio de Abreu, Médici conviveu com Carlos Alberto por três anos no SBT, onde fez também "Meu Cunhado", seriado com Moacyr Franco, e a novela "Canavial de Paixões".

O motoboy, no teatro chamado como Sanderson, também alimentou boa parte do sucesso longevo do espetáculo "Cada um Com Seus Pobrema", que Médici apresentou por mais de dez anos.

Em tempo: maior audiência da TV paga, o "Vai que Cola" tem mostrado fôlego para a audiência da Globo, que deve exibir mais temporadas do programa.

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 50, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem