Zapping - Cristina Padiglione

Fim do Como Será faz aumentar lista de demissões na Globo

Emissora encerra programa comandado por Sandra Annenberg nas manhãs de sábado

Sandra Annenberg na gravação dos cinco anos do programa Como Será?
Sandra Annenberg na gravação dos cinco anos do programa Como Será? - Fábio Rocha/Globo

A Globo resolveu encerrar o Como Será, programa apresentado por Sandra Annenberg que aglutinava propostas do antigo Globo Ecologia e Globo Educação com iniciativas institucionais da própria emissora no campo social.

 À coluna, a emissora justificou que outra atração vem sendo criada para o horário. Embora informe que “alguns profissionais dedicados ao programa” estejam sendo “realocados em outras produções”, o fim do Como Será provocou novas demissões no grupo Globo.

“Durante cinco anos, o Como Será? contribuiu para reforçar o compromisso da Globo com a pauta social (...) A partir de sábado, serão exibidas edições com matérias inéditas e os melhores momentos que marcaram esses cinco anos, até a estreia da nova programação das manhãs de sábado, no horário que antecede o É de Casa”, informa a nota.

 

FUTURO INCERTO

Satisfeita com os resultados do Canta Comigo, programa apresentado por Gugu Liberato, a Record não pretende fechar as portas do formato, comprado da Endemol Shine. O reality tem grandes chances de voltar com outro apresentador, a definir, lá pelo segundo semestre de 2020.


COTADOS

Sabrina Sato e Marcos Mion são dois nomes já pensados para a produção de uma possível próxima temporada do Canta Comigo. Diferentemente de outras ideias testadas na Record, essa é uma competição que vinha funcionando bem, inclusive para a imagem institucional da emissora. 

EMBOSCADA

A paixão de Rita (Alanis Guillen) e Filipe (Pedro Novaes) não vai resistir à determinação de Leila (Jade Cardozo) em “Malhação - Toda Forma de Amar”. Ao tentar explicar que fora sequestrada, Rita vê o namorado beijar a outra. Sem conseguir contato com ela há dias, ele acredita ter sido traído.  

Malhação: Toda forma de Amar
Filipe (Pedro Novaes) e Leila (Jade Cardozo) dançam quando ele vê Rita ( Alanis Guillen ), que tenta explicar o que aconteceu, mas ele, indiferente à namorada, beija a outra - João Miguel Jr./Divulgação

DATA AGENDADA

O Canal Viva marcou para 19 de fevereiro a estreia de “Ti-Ti-Ti”, novela de Cassiano Gabus Mendes, em sua versão original, de 1985, com 185 capítulos. Esta semana, o canal intensifica a campanha pelo lançamento da reprise de “O Clone”, novela de Glória Perez, que estreia na próxima segunda-feira.


AUDIÊNCIA

11 pontos
teve o Hoje em Dia (Record) na sexta, com o enterro de Gugu

6,2 pontos
teve o Encontro (Globo) na sexta, derrotado pela Record

A BOA DO DIA

Lúcia descobre o mistério por trás da morte de seu filho em 'Segunda Chamada'
Globo, às 22h40

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 48, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem