Zapping - Cristina Padiglione

Novela do SBT, 'As Aventuras de Poliana' seguirá até o fim de 2021

Elenco teve seu contrato renovado até outubro, mês previsto para o fim das gravações

O segundo teste de DNA de Poliana fica pronto, e Luisa confirma o que mais temia - Lourival Ribeiro/SBT

O SBT vai dar uma folga de 20 dias ao elenco da novela “As Aventuras de Poliana” neste fim de ano, para retomar as gravações no início de 2020 e programar uma espécie de segunda temporada do folhetim.

Planejada inicialmente para ir até o meio do ano que vem, a trama seguirá até 2021, no mínimo. Para tanto, o elenco teve seus contratos renovados até outubro de 2020, prazo válido para o fim das gravações.

Enquanto isso, a substituta de “Poliana”, versão de “Patinho Feio”, continua sem previsão de produção. A decisão foi tomada por custo-benefício: é preciso economizar e a audiência é boa.


PREVISTO

Por falar em SBT, a presença do deputado Eduardo Bolsonaro no Programa do Ratinho nesta sexta-feira (1º) não foi pedido de emergência e estava prevista. Na conversa, o filho do presidente Jair Bolsonaro falou sobre a menção feita por ele à possível volta do AI-5, pela qual ele se desculpou. 


 

VITÓRIA

O Porta dos Fundos venceu em todas as instâncias, na Justiça do Rio, um processo movido contra o grupo pelo Botafogo, em razão do vídeo “Patrocínio”, de 2015, que debochava do grande número de anunciantes na camisa do time. O clube promete recorrer ao STJ (Superior Tribunal de Justiça).



REFLEXÃO

Assunto evitado em novelas, o aborto será retratado na série “Segunda Chamada”. No próximo episódio, no ar terça (5), pela Globo, os professores Sônia (Hermila Guedes) e Marco (Silvio Guindane) suspendem as aulas para socorrer Rita (Nanda Costa), que sofre as dores de uma gravidez interrompida.

Série de TV Globo Segunda Chamada
Sônia (Hermila Guedes) conforta Rita (Nanda Costa) no momento em que ela está abortando - Maruicio Fidalgo/Divulgação

AUDIÊNCIA

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 48, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem