Zapping - Cristina Padiglione

Mesmo tímida, transmissão da Copa feminina fez bem à Globo

Emissora atingiu mais de 100 milhões de pessoas e ganhou audiência com apenas 5 jogos

Marta, da seleção brasileira feminina, durante partida contra a Itália, válida pela 3° rodada do Grupo C da Copa do Mundo feminina 2019, na cidade de Valenciennes, na França
Marta, da seleção brasileira feminina, durante partida contra a Itália, válida pela 3° rodada do Grupo C da Copa do Mundo feminina 2019, na cidade de Valenciennes, na França - Vanessa Carvalho/Brazil Photo Press/Folhapress

Independentemente de o Brasil não ter avançado para as quartas de final na Copa do Mundo de Futebol feminino, a Globo alcançou 101,1 milhões de brasileiros com a transmissão de cinco partidas, incluindo os quatro jogos do Brasil e a final entre Estados Unidos e Holanda.

Só com o jogo que marcou a despedida da seleção brasileira da competição, contra a França, a emissora atingiu mais de 53 milhões de pessoas, com ganho de público em todas as faixas etárias.

Na comparação do horário dos jogos com as quatro semanas anteriores, a audiência entre homens com mais de 60 anos cresceu 79%. Entre o público de 18 a 24 anos, o progresso entre homens foi de 75%, e entre as mulheres, de 60%. Bem menos entusiasmado que nos jogos masculinos, Galvão Bueno narrou só a partida de estreia e foi fazer a Copa América, deixando a tarefa a cargo de Cléber Machado e Luís Roberto.

É O FIM

No último episódio de “Assédio”, que vai ao ar amanhã, na Globo, mesmo tantos anos após Roger (Antonio Calloni) ser condenado e preso, Ronaldo (Felipe Camargo) fica remoendo a angústia da dúvida sobre a paternidade da filha. Ele e Eugênia (Paula Possani) resolvem então fazer um teste de DNA. 

ORIGINAL

 

O canal National Geographic lança no dia 31 de julho, às 20h, a produção original Desafio Impossível, em que três jovens cientistas (dois brasileiros e um mexicano) abandonados em um cenário pós-apocalíptico, terão de usar seus conhecimentos e construir as ferramentas para sair de lá. A apresentação é do youtuber Gusta.

DUBLADA

Apesar de ser falada em português, a novela “Ouro Verde”, produção lusa que a Band exibe a partir desta segunda (15) os atores portugueses serão dublados para o português do Brasil. A voz extra, naturalmente, não se estenderá aos atores brasileiros presentes na trama, como Silvia Pifeifer.

PROGRESSO

O Hoje em Dia fechou o primeiro semestre deste ano com média de 5 pontos no Painel Nacional de TV (PNT), que soma 15 regiões do país. Isso representa 10% a mais que o mesmo período de 2018, quando o saldo foi de 4,6 pontos. Esse é o melhor placar do noticiário da Record nos últimos 10 anos. 

César Filho, Ticiane Pinheiro e Ana Hickmann
César Filho, Ticiane Pinheiro e Ana Hickmann no Hoje em Dia, da Record - @ticianepinheiro no Instagram

Zapping - Cristina Padiglione

Cristina Padiglione, 48, é jornalista e escreve sobre assuntos relacionados à televisão. Ela cobre a área desde 1991, quando a TV paga ainda engatinhava. Ela passou pelas Redações dos jornais Folha da Tarde (1992-1995), Folha (1997-1999) e O Estado de S. Paulo (2000-2016), entre outras publicações. Ela também tem o blog Telepadi (telepadi.folha.com.br), hospedado no site da Folha.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias