Colo de Mãe

Ser mãe é ser exemplo diário de atitudes mesmo com todos os problemas que enfrentamos na vida

'Ser mãe é ser espelho, é construir personalidades'

Valerii Honcharuk/Fotolia

O ano que acabou foi um no qual aprendi "quem sim, quem não e quem nunca". Tive problemas de saúde, vivenciamos a mudança de horário na escola de Luiza e sua difícil adaptação. Foi o ano em que a caçula aprendeu a ler e a escrever. Ano de escolhas difíceis no que diz respeito à maternidade.

Eu comecei 2018 com a esperança de que, em algum momento, voltaria a dar conta de tudo. E terminei confirmando que tudo se torna mas difícil à medida que os filhos crescem.

Eu tenho a felicidade de caminhar diariamente com as milhas meninas e, nas dificuldades, pude explicar a elas, a cada choro e a cada questionamento mais maduro, que sou mãe e mulher, que sou profissional, sofro, tenho problemas de saúde, tenho horários, gostaria de ficar em casa, mas preciso –e quero– trabalhar.

Ser mãe é ser espelho, é construir personalidades. Sou grata ao ano que passou pois me fez, em meio a muitas situações duras, ser exemplo sincero de amor para as minhas pequenas aprendizes. Porque minhas filhas não são as minhas cópias, como costumamos brincar, mas representam a oportunidade de serem um pedaço de mim melhorado.

Entro em férias nesta semana e volto em fevereiro. A todos, um feliz 2019!

Colo de Mãe

Cristiane Gercina, 39, é mãe de Luiza, 11, e Laura, 6. É apaixonada pelas filhas e por literatura. Graduada e pós-graduada pela Unesp, é editora-assistente de Grana do jornal Agora, empresa do Grupo Folha. Quer ver o desenho do seu filho publicado na coluna? Envie-o para o email colodemae@grupofolha.com.br com nome completo e idade da criança, nome e celular do responsável.

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem