Aventura na cozinha
Descrição de chapéu Natal

Ceia de Natal: Aprenda a preparar quatro pratos sem complicação

Refeição festiva pede pratos saborosos, mas execução não precisa ser complicada

Frango assado no espumante, com batata doce e chutney de manga

Ceia de Natal preparada por Juliana Ventura Gabriel Cabral/Folhapress

Olá, cozinheiros! Bem-vindos a mais uma aventura na cozinha!

Há uma história que diz que a ceia de Natal se originou do costume cristão de deixar as portas das casas abertas e a mesa posta com iguarias na noite feliz para que peregrinos entrassem e se unissem em celebração à família local.

Particularmente, tendo estudado e lido a respeito do tema, acredito que muito da forma como elaboramos o jantar da noite de Natal atualmente tenha a ver com os costumes culinários dos nobres a partir do século 17 e posterior adoção pela burguesia. Trocando em miúdos, isso quer dizer que um jantar de respeito tem muita fartura e grandes animais inteiros servidos à mesa. Lembra um pouco o peru de Natal e os acompanhamentos, não é mesmo?

Fato é que atualmente existe um a espécie de cartilha não escrita da mesa natalina, que muda de acordo com os costumes de cada local, mas que invariavelmente inclui uma carne assada e seus diversos acompanhamentos e, depois, sobremesa.

Como sugestão para os leitores, pensei em pratos simples, mas que fazem bonito. A escolha do frango em detrimento do peru tem razão prática: é quase impossível encontrar a ave in natura, sem temperos. Grandes frigoríficos parecem apenas oferecer o peru já com sabores vindos de fábrica. Como isso vai contra meus valores culinários, optei por escolher um belo frango caipira que parecia estar bastante carnudo. Garanto que o resultado é maravilhoso.

As receitas são bastante adaptáveis. Por exemplo, no lugar das batatas-doces é possível usar batatas-inglesas. Dá para suprimir as passas no chutney de manga, e não tem problema nenhum em substituir as castanhas-de-caju da farofa por castanhas-do-pará. Da mesma forma, a quiche de queijos pode usar opções de acordo com o gosto do freguês.

Então, fique em casa se possível, celebre com poucas pessoas e vá para a cozinha fazer uma bela ceia. Feliz Natal e até a próxima!


CEIA DE NATAL

Rendimento: 6 pessoas


FRANGO ASSADO COM BATATA-DOCE

Dificuldade: Fácil

A ave assada é o prato principal da noite. A dica para obter a cor dourada é utilizar um frango com pele e cumprir as duas etapas de cozimento, com e sem papel-alumínio, como indicado no modo de fazer. Lembre-se de que o sabor do alecrim é intenso, então, alguns ramos são suficientes.​

Ingredientes
1 frango
500 ml de espumante
Ramos de alecrim
Sal e pimenta-do-reino a gosto
8 dentes de alho
3 cebolas
Suco de dois limões
1 xícara (chá) de azeite de oliva
4 batatas-doces

MODO DE FAZER

  1. No dia anterior, tempere o frango com sal e pimenta. Depois, coloque-o em um recipiente grande e deixe na geladeira por pelo menos oito horas em uma marinada feita com espumante, alho, alecrim e metade do azeite.

  2. Em uma assadeira, disponha o frango no centro. Ele deve estar limpo por dentro. Use a cavidade, para colocar uma cebola grande descascada. Em volta da ave, coloque as batatas cortadas em rodelas de um dedo de espessura e as outras duas cebolas em pétalas.

  3. Regue o frango com parte da marinada e com o restante do azeite. Tempere as batatas com sal.

  4. Amarrar as extremidades das coxas do frango pode ser interessante para não deixar que ele “abra” dentro do forno.

  5. Cubra a assadeira com papel-alumínio e asse em forno médio por 45 minutos.

  6. Descubra, regue com mais marinada e azeite se quiser e asse por outros 45 minutos, até dourar.

  7. Sirva com galhos de azeite fresco.

  8. O molho que sobrar na assadeira pode ser coado e servido ao lado.

CHUTNEY DE MANGA

Dificuldade: Fácil

Muitos não gostam, mas o fato é que carnes em geral combinam com molhos doces --hábito culinário este que vem dos primórdios. Este chutney de manga pode ser acompanhamento de frango peru e também de pernil de porco, caso seja essa a sua escolha para a ceia de Natal.

Ingredientes
1 limão descascado e picado
1 manga descascada e picada
1 xícara (chá) de açúcar mascavo
¾ xícara (chá) de uvas passas
1 cebola picada
1 xícara (chá) de vinagre
1 colher (sobremesa) de sal
½ colher (chá) de pimenta-do-reino moída
½ colher (café) de cravo
1 colher (sopa) de gengibre ralado

MODO DE FAZER

  1. Coloque todos os ingredientes em uma panela e cozinhe em fogo baixo por cerca de meia hora, até atingir consistência de compota.

QUICHE CINCO QUEIJOS

Dificuldade: Média

Sucesso absoluto nas festas natalinas da colunista que vos escreve, a quiche de queijos é daquelas receitas para guardar e repetir o ano todo. Caso não queira usar os mesmos queijos indicados na receita, é possível substituir.

O gruyére e o provolone podem dar lugar a outros tipos que derretem bem, como prato ou muçarela. O parmesão pode ser substituído por um meia cura. Quem não gosta de queijos azuis como o gorgonzola pode suprimi-lo da receita. O catupiry, por sua vez, recomendo usar, pois a cremosidade é fundamental.

Ingredientes

Para a massa
250 g de farinha de trigo
140 g de manteiga gelada
2 colheres (sopa) de queijo ralado
1 colher (chá) de sal
1 colher (chá) de fermento em pó
1 colher (sopa) de creme de leite fresco
1 ovo

Para o recheio
2 ovos
250 ml de creme de leite fresco
350 g de queijos variados ralados (ex. gruyère, provolone, parmesão e gorgonzola)
400 g de queijo catupiry
½ colher (café) de noz-moscada

MODO DE FAZER

  1. Misture a farinha, a manteiga em cubos, o queijo ralado, o sal e o fermento. Com as mãos ou em um processador, misture até formar uma farofa molhada.

  2. Adicione o ovo levemente batido e o creme de leite e trabalhe para que a massa se transforme em uma bola lisa. Deixe descansar por dez minutos.

  3. Em uma forma de fundo removível de cerca de 20 cm de diâmetro, arrume a massa no fundo e na lateral com as mãos, tentando deixar a espessura homogênea. Fure a massa com um garfo algumas vezes.

  4. Em uma tigela, misture os queijos menos o catupiry e o gorgonzola.

  5. Bata levemente o creme de leite com os ovos, a noz moscada e metade do queijo catupiry.

  6. Adicione o creme aos queijos e disponha o recheio sobre a massa.

  7. Coloque pedaços de catupiry e gorgonzola por cima.

  8. Asse em forno médio por cerca de 35 minutos, até que os queijos estejam bem dourados.

FAROFA DE CASTANHA-DE-CAJU

Dificuldade: Fácil

Item mais indispensável do menu, a farofa é brasileiríssima e fica perfeita com carnes e salpicões. Essa aqui tem sabor picante, que casa bem com o paladar suave do frango.

Ingredientes
2 xícaras (chá) de farinha de mandioca
50 g de manteiga
3 colheres (sopa) de azeite de oliva
1 xícara de castanhas-de-caju
1 cebola roxa
2 dentes de alho picados
¼ xícara (chá) de cheiro verde picado
1 pimenta dedo-de-moça
Sal a gosto

MODO DE FAZER

  1. Aqueça uma frigideira com a manteiga e o azeite.

  2. Frite a cebola e o alho até que murchem, por cerca de cinco minutos, com a pimenta picada. Se quiser menos picante, tire as sementes.

  3. Coloque as castanhas-de-caju picadas grosseiramente e refogue rapidamente.

  4. Adicione a farinha e misture bem.

  5. Deixe no fogo, mexendo sempre até dourar a farinha ligeiramente. Acerte o sal.

  6. Desligue o fogo, adicione o cheiro verde, misture e sirva.

TARTE TATIN DE MAÇÃ

Dificuldade: Médio

Conta a lenda que duas irmãs francesas, de sobrenome Tatin, inventaram a iguaria por acidente, colocando massa sobre o recheio e assando o doce. A torta é tradicional e deliciosa. Fica ótima com acompanhamento de sorvete ou chantilly. Quem não tiver panela que vai ao forno, pode preparar as maçãs caramelizadas em uma frigideira e depois arrumá-las na forma em que o doce será assado.

Ingredientes
8 maçãs fuji
1 e ½ xícara (chá) de açúcar
75 g de manteiga

Para a massa
175 g de farinha de trigo
120 g de manteiga sem sal
1/2 colher (sopa) de açúcar
1/2 colher (chá) de sal
3 colheres (sopa) de água gelada​

MODO DE FAZER

  1. Em uma tigela, misture os ingredientes secos da massa: farinha, sal e açúcar.

  2. Adicione a manteiga gelada em cubos e vá misturando com as mãos até obter uma textura de farofa molhada.

  3. Adicione a água e misture até incorporar tudo. Faça uma bola e reserve na geladeira por pelo menos duas horas.

  4. Em uma frigideira de ferro que possa ir ao forno, disponha as maçãs (descascadas e cortadas em oito) misturadas ao açúcar. Coloque os pedaços de manteiga por cima.

  5. Cozinhe em fogo baixo até caramelizar, cerca de 15 minutos.

  6. Tire a massa da geladeira e abra com um rolo.

  7. Cubra as maçãs com a massa e leve ao forno médio pré-aquecido por cerca de 25 minutos. Até que a massa doure.

  8. Tire do forno, espere cerca de 15 minutos e desenforme.

(A)ventura na cozinha

Juliana Ventura, 36, é jornalista formada pela PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo), pós-graduada em gastronomia pela Universidade Anhembi Morumbi e professora de culinária para crianças.
email: aventuranacozinha@grupofolha.com.br
Instagram: @venturanacozinha

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem