Aventura na cozinha

Clássico mineiro, frango com quiabo pode ser feito sem a baba característica do vegetal

Receita prática é opção para variar no dia de semana

Clássico mineiro frango com quiabo sem a baba - Juliana Ventura/Folhapress

Olá, cozinheiros! Bem-vindos a mais uma aventura na cozinha!

Clássico da cozinha mineira, o frango com quiabo é um exemplo típico de comida “ame ou odeie”. E a razão tem nome: o próprio quiabo. O vegetal, que, ao lado da ave, compõe um dos pratos mais conhecidos da culinária caipira é um tanto renegado por conta da característica escorregadia que confere aos pratos nos quais figura.

Tal qualidade é tida em alguns pratos como fundamental. O famoso caruru, típico do recôncavo baiano, que leva, além da planta, camarão seco, castanha de caju e azeite de dendê é um exemplo de iguaria que não pode prescindir da chamada mucilagem do quiabo. Na culinária cajun, influenciada pelos negros do estado da Louisiana, nos EUA, o gumbo leva o quiabo como espessante. E muitos gostam do frango com quiabo bem viscoso também.

 

Particularmente, não detesto a conhecida “baba”, mas prefiro a comida sem ela. Por isso, fiz uma releitura do clássico —que fica perfeito junto de arroz branco soltinho— em que a planta mantém leve viscosidade no interior, mas fica sequinha no geral.

As dicas para secar o quiabo (vegetal da família do hibisco, quem diria, e originário da África) devem ser seguidas à risca. Trocar a água viscosa várias vezes e fritar bem as rodelinhas da planta antes de adicioná-la ao frango já em cremoso ensopadinho são essenciais para atingir o resultado desejado. Gosto de caprichar no refogado. Os pontinhos queimados dão ainda mais sabor.

Muitas receitas de frango com quiabo, iguaria que, acredita-se, é nascida nas Minas Gerais, provavelmente no século 19, usam colorau para avermelhar o caldo. Optei pela cúrcuma (ou açafrão-da-terra) para obter uma apetitosa coloração amarela. Originalmente também, o prato é um ensopado, mais fluido do que a minha sugestão.

Vamos para a cozinha? Até a próxima!

Frango com quiabo
Dificuldade: Fácil
Rendimento:  6 porções

Ingredientes
500 g peito de frango
200 g de quiabo
2 limões 
½ cebola
1 dente de alho
2 tomates maduros
1 colher (sobremesa) de cúrcuma em pó
1 colher (sobremesa) de maisena
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
¼ de xícara (chá) de salsinha picada
Sal e pimenta a gosto

Modo de fazer
1. Tire as pontas do quiabo e corte em rodelas pequenas. Deixe de molho em água com o suco de um limão por 20 minutos. Depois, troque a água e deixe mais cinco minutos. Repita o último processo mais duas vezes;
2. Corte o peito de frango em cubos e tempere com suco de limão, cúrcuma, sal e pimenta. Deixe marinar por 20 minutos;
3. Refogue o alho e a cebola bem picados em uma colher de azeite;
4. Acrescente o frango e cozinhe por cerca de 10 minutos;
5. Adicione o tomate em cubos, sem semente e cozinhe por mais cinco minutos;
6. Dilua a maisena em um copo de água e acrescente ao frango, mexendo bem até engrossar;
7. Aqueça uma frigideira com azeite e salteei o quiabo em pequenos punhados, dourando bem;
8. Adicione o quiabo e a salsinha ao frango e misture bem;
9. Acerte o sal.

(A)ventura na cozinha

Juliana Ventura, 35, é jornalista formada pela PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo), pós-graduada em gastronomia pela Universidade Anhembi Morumbi e professora de culinária para crianças.
email: aventuranacozinha@grupofolha.com.br
Instagram: @venturanacozinha

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem