Cinema

Embriagado, Johnny Depp ataca membro da equipe durante gravação em Los Angeles

Segundo o site Page Six, ator discutiu e partiu para cima do membro da equipe após desentendimento

O ator Johnny Depp antes de apresentare seu filme  "The Libertine", no festival de cinema Britânico em junho de 2017
O ator Johnny Depp antes de apresentare seu filme "The Libertine", no festival de cinema Britânico em junho de 2017

São Paulo

Johnny Depp atacou um membro da equipe de filmagem de "LAbyrinth", seu próximo longa. Segundo o site americano Page Six, o ator gritou e socou um gerente de locação, profissional responsável pelo aluguel dos locais de filmagem ou autorização de gravação em locais públicos.

Segundo membros da equipe, Depp decidira ajudar a direção de uma determinada cena. No papel do investigador Russell Poole, o ator convidou dois amigos para interpretar um policial e um morador de rua. "Os amigos de Johnny estavam em cena, e isso passou a durar muito mais tempo do que deveria", disse um integrante da equipe.

A gravação acontecia em uma rua do centro de Los Angeles, fechada para tráfego. O tempo de gravação permitido no local acabou mas o ator pediu para que a equipe continuasse gravando. O gerente de locação avisou então o diretor, Brad Furman, que os trabalhos precisavam ser interrompidos.

Furman, que já tinha avisado Depp do horário, pediu que o responsável falasse ele mesmo com o ator, que se negava a parar as gravações. "Esta é a última tomada", disse o gerente, que foi contestado pelo ator em uma reação violenta. 

Segundo a publicação, Johnny Depp estava bebendo e fumando o dia todo e não reagiu bem com a notícia. Uma fonte narra que o ator partiu para cima do funcionário e começou a gritar. "Ele estava a dez centímetros [do funcionário] e gritava: 'Quem é você? Você não tem direito'."

"Eu estou fazendo meu trabalho", respondeu o gerente de locação, deixando Depp mais irritado. O ator tentou atingir o funcionário nas costelas e, vendo que o homem se esquivava, teria gritado "Eu te pago US$ 100 mil (cerca de R$ 354 mil) para você me bater agora!"

O homem atacado não se moveu e evitou confronto. Johnny Depp não quis comentar o ocorrido e o diretor Brad Furmam frisou que o comportamento do ator não é sempre aquele. "Ele sempre trata as pessoas ao seu redor com extremo respeito. Filmes podem ser estressantes e pequenos eventos comumente se tornam exagerados." 

Final do conteúdo

Últimas Notícias

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem