Cinema e Séries

Salma Hayek produzirá série sobre Eva Perón, ícone do peronismo e mãe dos pobres

'Santa Evita' será baseada no livro homônimo do escritor Tomás Eloy Martínez

A atriz e produtora Salma Hayek
A atriz e produtora Salma Hayek - /Regis Duvignau-13.mai.2018/Reuters
Buenos Aires

A atriz mexicana Salma Hayek irá produzir a série “Santa Evita”, baseada no bem-sucedido livro homônimo do escritor Tomás Eloy Martínez, do qual a principal personagem é a mítica ex-primeira dama argentina Eva Perón (1919-1952), figura reconhecida internacionalmente por sua luta pelos mais desfavorecidos.

A série de ficção, que chegará na América Latina em 2021, será protagonizada pela atriz uruguaia Natalia Oreiro, que interpretará Eva Perón, e pelos argentinos Ernesto Alterio, no papel do Moori Koenig, e Darío Grandinetti no papel do ex-presidente Juan Domingo Perón.

O ator Diego Velázquez interpretará "El Periodista" e o espanhol Francesc Orella, da série "Merlí", será o doutor Pedro Ara, que foi encarregado de embalsamar o corpo de Evita.

"Santa Evita" seguirá a intrigante história de Eva Perón depois de sua morte por câncer aos 33 anos de idade em 1952. Seu corpo foi velado por milhões de pessoas até que, em 1955, a ditadura militar que destituiu Perón do poder sequestrou seu corpo embalsamado para que não se convertesse em objeto de culto.

Como esposa do general Juan Domingo Perón (1895-1974), Evita tinha se transformado em uma figura influente na Argentina e seu cadáver, que sofreu agressões e passou por um périplo entre Buenos Aires e o norte da Itália, marcou a política do país por décadas.

A série será dirigida pelo colombiano Rodrigo García, filho do escritor Gabriel García Márquez, junto do diretor e roteirista argentino Alejandro Maci, enquanto a adaptação ficará a cargo das autoras e atrizes argentinas Marcela Guerty e Pamela Rementería.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem