Cinema e Séries

Christian Bale diz que pilotos de corrida são uma 'raça especial', após filmar 'Ford x Ferrari'

Longa narra batalha entre as duas montadoras na década de 1960

Matt Damon e Christian Bale na pré-estreia do filme "Ford X Ferrari", no Festival de Toronto
Matt Damon e Christian Bale na pré-estreia do filme "Ford X Ferrari", no Festival de Toronto - Mario Anzuoni/Reuters
Robert Mezan
Toronto e

Os atores Christian Bale, 45, e Matt Damon, 48, dizem que têm ainda mais respeito por pilotos de carros de corrida depois de filmarem “Ford x Ferrari”, baseado na história verídica da batalha entre as duas montadoras em Le Mans, na França, em 1966.

O filme, exibido no Festival Internacional de Cinema de Toronto na segunda-feira (10), acompanha o empenho da Ford Motor em construir um carro que derrote a Ferrari nas 24 Horas de Le Mans, prova que a escuderia italiana dominava há anos.

Furioso por ser rejeitado por Enzo Ferrari em suas tentativas de comprar a Ferrari e seu projeto de carro de corrida, Henry Ford 2º decide construir seu próprio modelo e contrata o engenheiro norte-americano Carroll Shelby (Damon).

A equipe também contrata o piloto britânico Ken Miles (Bale) para pilotar o Ford GT40, e em meros 90 dias as duas empresas se enfrentam em Le Mans, a prova de resistência mais antiga e desafiadora do mundo do automobilismo.

“Os freios eram a parte mais fraca do carro na época”, contou Damon à Reuters Television no tapete vermelho. “Então o que esses caras estavam fazendo é uma loucura, ir a 368 km/h sem saber se dava para parar o carro ou não. É um tipo de raça especial de pessoa para fazer isso”, acrescentou.

Bale disse que seu entusiasmo atrás do volante “superou totalmente" sua habilidade. “Cheguei a ir à pista com alguns dos melhores pilotos de corrida do mundo”, disse. “Mas jamais ousaria supor que poderia competir com estes deuses absolutos da corrida que tivemos no set”.

Reuters
Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem