Cinema e Séries

'É divertido e fofo', diz ator sobre trabalhar no filme 'A Dama e o Vagabundo', que terá cachorros de verdade

Thomas Mann vai interpretar o dono da cachorrinha Dama

Cena clássica da animação "A Dama e o Vagabundo", de 1955
Cena clássica da animação "A Dama e o Vagabundo", de 1955 - Divulgação
São Paulo

Filmes inspirados em animações em formato live-action, que usam atores de verdade, estão superando alguns desafios. Após a polêmica de "Aladdin", que não terá um gênio azul, e a divulgação do fofo "Dumbo", agora foi anunciado pela Disney que o filme de "A Dama e o Vagabundo" terá cachorros de verdade.

"Quem não quer ver dois cachorros se beijando com um prato de espaguete na mesa? Essa é a principal cena para mim", disse o ator Thomas Mann, em entrevista ao site americano Collider. No longa, ele vai interpretar Jim Dear, donos da cachorrinha Dama.

Para Mann, um filme em live-action deve ser uma versão mais intensa de algo que já foi visto antes. "É preciso ter o carisma de cachorros de verdade ali. 'A Dama e o Vagabundo' saiu em 1955. Entendo que pessoas que gostam do original, não querem ver essa versão arruinada. Mas não se trata de um desenho, é um filme em live-action, então, por que não?".

O ator disse que cachorros foram testados por meses até que se chegasse ao animal perfeito. "Nós gravamos com os cachorros todos os dias. Eles chegaram ao set e nem tinham sido treinados. Eles foram ensaiando com os cachorros por alguns meses para encontrar os animais que seriam perfeitos ao filme", revela o ator. 

Mann conta que foi muito divertido gravar com animais. "É muito maluco, porque eles não sabem que aquilo é um trabalho, então eles ficam correndo para cima e para baixo e de repente aparecem de volta. É preciso ter uma paciência extra, porque eles só serão muito bons uma vez só. Foi divertido e é fofo trabalhar com um monte de cachorros todos os dias". 

As vozes dos cachorros serão dubladas pela atriz Tessa Thompson e Justin Theroux.

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias