Cinema e Séries

'Foi uma grande coincidência', diz Juliana Knust, que será mulher de Zeca Pagodinho em filme

A história será inspirada no livro 'Zeca: Deixa o Samba me Levar'

A atriz Juliana Knust
A atriz Juliana Knust - Marcus Leoni/Folhapress
Fabiana Schiavon
São Paulo

O cantor e compositor Zeca Pagodinho verá a sua vida transformada em filme nos próximos anos. O elenco da produção ainda está em fase de seleção, mas já se sabe que a atriz Juliana Knust será Mônica, mulher do sambista há mais de 30 anos.

Amiga de Zeca Pagodinho há anos, a atriz se disse surpresa quando recebeu o convite. "Foi uma enorme coincidência eu ter sido escalada. O diretor não sabia da nossa amizade. E quando levou minha foto para o Zeca como sugestão para interpretar a Monica, ele se emocionou muito. Ele me ligou na hora", afirmou a atriz.

O último papel de Juliana Knust foi em "Apocalipse", trama bíblica da Record. No cinema, ela fez "Achados e Perdidos" (2006), e "Intruso", em 2009.

As filmagens devem iniciar somente em 2019. A história será inspirada no livro "Zeca: Deixa o Samba me Levar", de Jane Barboza e Leonardo Bruno, segundo a colunista Adriana Barros, do UOL.

Knust disse que ainda não recebeu detalhes sobre o roteiro do filme. "Eu realmente não sei absolutamente nada, mas preciso dizer que sou grata por ter sido escolhida. Tenho um carinho muito grande por essa família."

Final do conteúdo

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem

Últimas Notícias