Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Celebridades
Descrição de chapéu Folhajus

Felipe Neto mostra ameaças à mãe e vai à delegacia: 'Chega de viver com medo'

Pessoas conseguiram WhatsApp dela e têm mandado mensagens criminosas

Felipe Neto posa com a mãe, Rosa Esmeralda Pimenta Neto - Instagram/felipeneto
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O youtuber e influenciador Felipe Neto, 34, denunciou pelas redes sociais algumas ameaças que a mãe dele, Rosa, tem recebido via WhatsApp. Em uma mensagem cujo print foi compartilhado por ele, uma pessoa diz que pretende destruir a vida dela custe o que custar. Ele também a xinga e diz que nem "seus filhos vão te tirar dessa".

Irritado, Neto afirma que essa não é a primeira vez que algo dessa natureza acontece. "Mais uma vez enviaram ameaças pesadas para a minha mãe. Já estamos tomando as providências. Descobrimos de onde veio, e minha mãe está indo na delegacia", escreveu ele pelo Instagram.

Neto reforçou que são três anos vivendo em meio a ameaças. "Vamos até o fim dessa vez. Chega de viver apenas com medo. Vamos vencer", postou.

Não é de hoje que Felipe Neto e sua família precisam conviver com polêmicas e ameaças online. Em 2020, ele voltou a ser um dos assuntos mais comentados no Twitter após ser alvo de fake news que o acusavam de incentivar a pedofilia. Uma montagem de um tuíte falso que atribuia ao influenciador a frase "criança é que nem doce, eu como escondido" vinha sendo compartilhada em diferentes redes sociais.

Neto afirmou que tratava-se de uma "mentira nojenta" articulada pela extrema direita para arruinar com a sua reputação. "Todas essas postagens negativas são ataques orquestrados com o único objetivo de destruir reputações, o que comprova o quão inclinados ao ódio, silenciamento e perseguição são os envolvidos", disse à época.

Diversas personalidades como os atores Alexandre Nero e Patricia Pillar, o apresentador Luciano Huck e políticos como Ciro Gomes (PDT) e Marcelo Freixo (PSOL) se manifestaram em solidariedade ao youtuber. A hashtag #JuntosComFelipeNeto ficou entre os assuntos mais comentados no Twitter durante todo o dia.

Mais recentemente, em dezembro de 2021, após postagens misteriosas nas redes sociais durante as comemorações natalinas, Neto afirmou que precisava de um tempo da internet, sem explicar qual era o problema que enfrentava no momento.

"Preciso que todo mundo respeite e se afaste", disse. Ele pediu aos fãs que não acreditassem em teorias e afirmou que "as coisas vão se ajustar".

Um dia antes, o youtuber assustou os seguidores ao pedir perdão, afirmar que um dia tudo ficará bem e em seguida sumir por algumas horas das redes sociais, onde faz postagens frequentes e interage com o público.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem