Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Celebridades

Fátima Bernardes, Beth Goulart e famosos repudiam áudios de Arthur do Val

Deputado estadual vira alvo após opiniões sexistas sobre ucranianas

O deputado estadual Arthur do Val em sua rede social
O deputado estadual Arthur do Val em sua rede social - Reprodução/@arthurmoledoval
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Muitos famosos começaram a declarar as suas opiniões de repúdio ao deputado estadual Arthur do Val (Podemos) após ele virar alvo com vazamentos de áudios sexistas sobre mulheres ucranianas.

Nos áudios, Arthur do Val diz que as ucranianas são "fáceis" por serem pobres —e que a fila de refugiados da guerra tem mais mulheres bonitas do que a "melhor balada do Brasil".

O parlamentar divulgou em rede social um pedido de desculpas ao dizer que o conteúdo das falas não foi correto com as mulheres brasileiras, ucranianas e com "todas as pessoas que depositaram confiança no meu trabalho". Ele afirmou que entrou em contato com a presidente do Podemos, Renata Abreu, e pediu para retirar a sua pré-candidatura ao governo paulista. Segundo ele, os áudios que enviou foram um "erro num momento de empolgação".

Pelas redes sociais, Fátima Bernardes disse ser "inadmissível" e "revoltante" o que o parlamentar falou. "Nós como brasileiros não precisávamos passar por mais essa vergonha. O deputado Arthur do Val, em missão na Ucrânia, diz que as mulheres daquele país -que enfrenta uma guerra, uma tragédia humanitária- são fáceis porque são pobres. Precisamos refletir muito sobre nossas escolhas."

A apresentadora do MasterChef (Band) e jornalista Ana Paula Padrão diz acreditar ser "intolerável, odioso e nojento" a postura do deputado. "Precisamos mudar. Pra isso temos que expelir esses vermes do nosso convívio. Não dou palco pra imbecil, mas considero que esse episódio tem que ser discutido e repercutido, sim", opinou.

"Tratar ‘mulheres pobres’ como alvo fácil num tour sexual abjeto já seria inominável, mas fazer isso referindo-se a mulheres numa fila de refugiadas ucranianas é inadmissível", emendou Ana Paula.

A atriz Giovanna Antonelli escreveu: "Inaceitável. Um monstro. Um merda." Já a jornalista da Globo Andréia Sadi condenou o fato de o deputado ter pedido para que as pessoas "entendessem o contexto" de seu ato. "Todo mundo entendeu, está em português, bem claro, bem explicado."

E enquanto a atriz Beth Goulart identificou a fala como "inadmissível", o ator José de Abreu resolveu fazer uma ligação com o atual governo federal. "Mamãe Falei e a sogra do prefeito chincheira são os melhores representantes do bolsonarismo."

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem