Aviso
Este conteúdo é para maiores de 18 anos. Se tem menos de 18 anos, é inapropriado para você. Clique aqui.

Celebridades

Ávine Vinny, do hit 'Coração Cachorro', é solto após passar noite na prisão

Cantor tinha sido preso em flagrante por suspeita de ameaçar a ex-mulher

Ávine Vinny - Instagram/avinevinny
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

O cantor Ávine Vinny, 32, foi solto no início da tarde desta terça (14) após audiência de custódia realizada na 17ª Vara Criminal de Fortaleza. O artista havia sido preso na tarde de segunda (13) em flagrante por suspeita de ameaça a ex-mulher, com quem teve um relacionamento de oito anos e tem uma filha.

Ele passou a noite detido e vai responder ao processo em liberdade. Não foi determinado uso de tornozeleira eletrônica nem pagamento de fiança.

Segundo a assessoria do cantor, a mulher retirou a queixa. "Nunca pensei que pudéssemos passar por isso, mas felizmente tudo foi esclarecido e resolvido da melhor forma. Tenho que agradecer a Laís [ex-mulher do cantor] por ter levado em consideração nosso histórico de vida e ter se sensibilizado quanto a essa questão processual, com objetivo de não prejudicar ninguém, principalmente por nossa filha, a quem nós dois sempre dedicamos muito amor", disse ele, de acordo com nota enviada pela assessoria.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS), na tarde de segunda (13), a ex-mulher de Ávine foi até a delegacia para denunciar a ameaça. Enquanto o boletim de ocorrência estava sendo registrado, ela recebeu outras mensagens do cantor "com novas ameaças".

"Diante dos fatos, os policiais civis iniciaram diligências que resultaram na localização e prisão do suspeito. Na delegacia, ele foi autuado em flagrante por ameaça no âmbito da violência doméstica. Já para a vítima foram solicitadas medidas protetivas de urgência junto à justiça", informou a Secretaria.

Ao lado de Matheus Fernandes, Ávine estourou nacionalmente com "Coração Cachorro", que foi alvo polêmica. Isso porque, o forró usa em um trecho a melodia da canção "Same Mistake", lançada por James Blunt em 2007.

No final de outubro, o artista britânico publicou um vídeo no TikTok cantando a sua música, quando é interrompido no refrão pelos brasileiros. Ele, então, elogia o sucesso do forró e faz até uma dancinha ao som do refrão "late coração".

Na legenda do vídeo, o cantor parabenizou a dupla pelo hit e escreveu que iria cobrar pelos direitos autorais. "Parabéns pelo nº 1, pessoal! Vou mandar os meus dados bancários em breve." ​

O que parecia brincadeira, porém, era verdade. Blunt de fato reivindicou parte da autoria de "Coração Cachorro", o que foi acordado em novembro, de forma extrajudicial.

Os seis compositores da música —Daniel dos Versos, Fellipe Panda, PG do Carmo, Riquinho da Rima, Breno Lucena e Felipe Love— aceitaram ceder 20% da autoria da canção para Blunt. Segundo a Universal Music Publishing Brasil, o acordo com o cantor britânico foi feito de forma amigável.

"A obra foi composta por seis autores, dos quais, controlamos quatro (66,67%) através da editora Medalha.
Os outros dois autores (33,33%) pertencem a editora A3. Os mesmos aceitaram ceder 20% devido a citação da obra do James Blunt (Sony Publishing). Sendo assim, a Universal Music Publishing passou a representar 53,33%, a A3, 26.67%, e a Sony, 20%. Tudo de forma amigável", disse a empresa em nota.

Embora o início do forró não tenha nada a ver com "Same Mistake", o refrão usa a melodia da canção de Blunt, transformando o "uuuu" entoado pelo cantor no latido do "coração cachorro".

"Same Mistake" também fez sucesso no Brasil e foi trilha sonora da novela "Duas Caras", da Globo (2007-2008).

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem