Celebridades

Paulo Gustavo ganha homenagens no dia em que completaria 43 anos

Irmã do humorista afirma que serão realizados projetos envolvendo o nome do ator

Paulo Gustavo
Paulo Gustavo - Instagram/paulogustavo31
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

São Paulo

Paulo Gustavo, morto em maio por complicações da Covid-19, é lembrado por fãs, amigos e familiares neste sábado (30), dia ​em que seria comemorado o aniversário de 43 anos do humorista.

Em texto publicado no Instagram, Juliana Amaral, irmã do artista, agradeceu o carinho dos fãs e afirmou que não deixará que a obra do irmão se encerre. "Podem aguardar, pois haverá sim projetos envolvendo o nome de Paulo Gustavo", antecipou.

Ela também destacou que a data passou a ser celebrada como o Dia do Humor no estado do Rio, por meio de lei aprovada na Assembleia Legislativa. "Você era amor e humor, e sempre nos lembraremos que o humor salva, o humor cura, e que ele é amor", escreveu.

Viúvo de Paulo Gustavo, o médico Thales Bretas publicou no Instagram um vídeo com uma seleção de fotos dos dois ao som da música "Let Somebody Go", do Coldplay com a Selena Gomez.

"Hoje, no seu aniversário, não temos mais sua vida para comemorar… Mas vou continuar agradecendo, para sempre, o dia em que você veio ao mundo, e tudo o que você transformou nesses 42 anos que viveu aqui", escreveu o médico.

Paulo Gustavo e Thales Bretas se casaram em uma cerimônia no Parque Lage, no Jardim Botânico do Rio de Janeiro, em 20 de dezembro de 2015, após pouco mais de um ano de namoro. Em 2019, nasceram Gael e Romeu, filhos do casal.

O humorista também será homenageado no Multishow. Na noite deste sábado (30), às 21h30, vai ao ar episódio especial da nova temporada do "Vai Que Cola" especialmente dedicado a ele. O programa também será exibido pelo canal de Humor do Multishow no YouTube, acessível para não assinantes.

Final do conteúdo
  • Salvar artigos

    Recurso exclusivo para assinantes

    assine ou faça login

Comentários

Ver todos os comentários Comentar esta reportagem